Ronaldo Lessa apara arestas e espera reunir partidos do “chapão” até a próxima segunda-feira
   22 de maio de 2012   │     20:59  │  0

O lançamento da dobradinha Lessa-Mosart levantou poeira e esquentou as discussões entre os partidos que formam o “chapão” em Maceió. Quem ficou de fora, reclamou. E muito.

Não que essa chapa chegue a ser novidade. Essa “bola” vem sendo cantada há várias semanas e mesmo assim muita gente foi “pega de surpresa”.

É fato – reconhece o próprio Ronaldo – que faltou sim conversar um pouco mais antes da apresentação da proposta de sua pré-candidatura a prefeito e da pré-candidatura de Mosart a vice.

Por isso mesmo, ele passou o dia hoje conversando muito com lideranças de vários partidos. Um dos encontros foi com Judson Cabral. O deputado estadual do PT também gostaria de ser pré-candidato a prefeitura, mas aceitou abrir o diálogo com o ex-governador.

Lessa também conversou por telefone com Fernando Collor, que teria gostado da chapa, mas nada que impeça, por exemplo, a manutenção da pré-candidatura de Galba Novaes, do PRB, que é ligado ao senador do PTB.

Os próximos dias serão de muito diálogo, avisa Lessa. E se depender de sua vontade, na próxima segunda-feira, ele se reúne com todos os líderes dos partidos que compõem o “chapão”.

Seu objetivo? “Vou trabalhar para reduzir essas candidaturas que estão postas dentro do nosso grupo”, resume. Entre os nomes, claro, além de Galba, estão o de Maurício Quintella  (PR) e Rosinha da Adefal (PTdoB).