Quanto custa o Plano Nacional de Segurança em Alagoas?
   21 de junho de 2012   │     2:42  │  16

A conta ainda não está fechada. Mas depois que o ministro Zé Eduardo Cardozo revelou ontem as principais ações do Plano Nacional de Segurança, eu tive acesso a algumas informações que podem responder a pergunta do título.

Primeiro, os números do Ministério da Justiça. Cardozo antecipou à Folha que o projeto-piloto que será lançado em Alagoas no próximo dia 26, vai consumir, neste ano, R$ 25 milhões do governo federal e outros R$ 18 milhões do Estado só para a aquisição de equipamentos, como “as famosas maletas usadas pelos investigadores no seriado de TV – o CSI”.

O que a Folha não disse e eu revelo agora é quanto esse plano vai custar ao contribuinte alagoano. Serão R$ 4 milhões extras por mês apenas para custeio (manutenção). No ano isso representa R$ 48 milhões.

Para onde vai esse dinheiro? O secretário Dário César diz que vai para locação de novas viaturas, diárias, alimentação, combustível etc etc etc.

Mas o governo do Estado também está reservando uma verba “gorda” para investimentos com recursos próprios.

Vá somando os números confirmados pelo secretário de Defesa Social: construção do novo IML, R$ 4,5 milhões; implantação do videomonitoramento em Maceió, R$ 9,5 milhões; um presídio de segurança máxima com 96 vagas, R$ 3,5 milhões; duas DHPPs (delegacias de homicídios, uma em Maceió e outra em Arapiraca), R$ 5 milhões; 15 novas bases de policiamento comunitário, cerca de R$ 6 milhões; construção do Instituto de Criminalística, R$ 10 milhões; duas delegacias de repressão ao narcotráfico, R$ 3 milhões.

Somou? Dá quase R$ 43 milhões. A conta do governo ainda deve crescer com a contratação de novos policiais civis e militares em cerca de R$ 63 milhões por ano.

É vapt-vupt 

Contra a impunidade, a agilidade. Essa será a filosofia da delegacia de homicídios, que deverá apurar de imediato as ocorrências. “As apurações começarão imediatamente, logo após o registro do crime. Com isso esperamos maior agilidade e sucesso na apuração dos crimes”, diz.

Na avaliação dos mentores do plano quanto mais rápido chegar ao local do crime, mas chances terá de levantar informações que levem a sua apuração.

Tá no portal
Os gastos do estado com segurança pública – incluindo Detran e Bombeiros –  em 2011 foram de R$ 714.592.381,21. Até meados deste mês as despesas com o setor já somavam R$ 287.696.796,43. Quem quiser pode pesquisar esses números no portal da transparência. Segue link abaixo.

(http://www.portaltransparenciaruthcardoso.al.gov.br/consulta_portal/consulta_ug.php?ano=2012&tipo_filtro=4&filtro=06&descricao=SEGURANCA%20PUBLICA)

Cruzem os dedos

Todo o alagoano – incluindo os críticos de Téo Vilela (e olha que eles não são poucos) – deve contribuir e torcer para que esse plano dê certo. Porque se não der resultados, mesmo  com todos os recursos que serão investidos, só vai nos restar apear para os céus. E o pior, de “bolsos vazios”. Porque é preciso lembrar que o lençol é curto. Para cobrir o setor de segurança, o governo vai precisar descobrir outros setores.

Fica então a pergunta de onde vai sair esse dinheiro?

 

COMENTÁRIOS
16

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. FRED

    ÉGENTE VOÇES VOTARAM NO TEO, NA DILMA E NO LULA, POR FAVOR COBREM DELES. ESSA GENTE O PT QUE SEMPRE EXALTAVA -*A ÉTICA NA POLITICA*. HOJE É A ÉTICA NO ………………………..EM QUE MESMO.

  2. FRED

    EDIVALDO, AINDA TEM GENTE QUE QUER SE ELEGER COM OS SANGUE QUE MOSTRRAM NA TV. ESSA GENTE SÓ PENSAM NA MISERIA OU, NO PIOR MELHOR.

  3. FRED

    É O PLANO EXISTE, SERÁ QUE ESSA TURMA DA ELITE ESTA REALMENTE PREOCUPADA COM OS BAIXOS SALARIOS DOS POLICIAIS.SERÁ……………ESSA TURMA TEM QUE DA RESPOSTAS………………..E JÁ.

  4. POBRE SERTÃO

    RECEBEMOS 4 SOBRE COXA DE FRANGO E 1 Kg DE CARNE BOVINA PARA 2 POLICIAIS COMEREM DURANTE A SEMANA!POR Q NÃO FORNECE O VALE REFEIÇÃO? LÓGICO Q EXISTE ALGUÉM GANHANDO COM ISSO!

  5. Paulo Soares

    SE COMPRARMOS 100 NOVAS VIATURAS,COM O PREÇO MÉDIO DE R$ 40.000,OO E CONSIDERANDO A VIDA ÚTIL DE + – 2 ANOS, CUSTARÁ R$ 4.000,000. AGORA, SABEM QUANTO QUE ELES PAGAM POR 100 VIATURAS, O VALOR MÉDIO DESSAS MESMAS 100 VIATURAS EM DOIS ANOS: PASMEM R$ 5.200,00. ENTÃO, TEM BOI NA LINHA OU ESTOU MENTINDO. É PRECISO O MP ENTRAR FIRME NO ESQUEMA DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS PELO ESTADO, PARA APURAR ESTE JEITO POUCO SÉRIO DE COMPRAR, ALUGAR E LOCAR. INCLUSIVE, TEM CORRIDO SOLTO A NOTÍCIA DE QUE TEM PARENTES MUITO PRÓXIMO DE CERTO FIGURÃO QUE TÁ ABOCANHANDO UM BELO NACO DAS GORDAS E RECHONCHUDAS TETAS DO GOVERNO TÉO.

  6. Eustáquio Silva

    O interessante é que o ano passado foram devolvidos mais de 50 milhões por falta de competência, despreparo e inércia desse governo, e agora veem com 25 milhões e será a salvação???? Quanta demagogia desse governo, quanta incompetência.

  7. SEGURANÇA EM DEBATE

    Parabéns pela matéria e lembramos que a locação de viaturas tem sido uma “torneira” de escoamento de recursos e já começamos a ver viaturas ” locadas” sucateadas,o que que nos transparece favorecimento de algumas dessas empresas,já que essa modalidade de veículo,possui vida útil de 02 anos.Quanto a alimentação,não podemos manter as distorções atuais,nas delegacias não há alimentação para os policias,nem tão pouco nas Centrais de Polícia,ond eo policial passa mais de 14 horas sem ter nada para comer,enquanto nos gabinetes a alimentação chegas de alguns bons restaurantes da cidade.O Policial precisa de um ticket refeição para comer onde achar mais conveniente e com independência,fora o fato de que que,sem uma remuneração digna,nada que lhes seja entregue(viaturas,armas,etc) funcionará em sua total potencialidade.chega de MARKETING NA SEGURANÇA !

  8. pm se aposentando

    cada policial,que vai chegar;vao ganhar de diaria 300,00,agora para nos da essa porcaria de 6,5por cento.quer matar nois de fome.

  9. luiz santos

    o amigo faltou contabilizar posíveis acréscimos de 5 ou 8% no valor final das aquisições pois a estimativas de preço do governo sempre são defasadas = com a inflação e o setor industrial sofrendo esses números tendem a se somar 30 % a mais

  10. Sempre sobra para o lado frágil...

    Concordo com o Carlos e com Fernando também. Infelizmente sempre sobra para o lado mais frágil, seja ele o contribuinte, a vítima da violência ou o policial que é sempre cobrado e nunca lembrado… enquanto permanecer esse tipo de mentalidade não ha plano de segurança que obtenha exito…

  11. Carlos

    Com todas essas cifras, só não vi o principal que é pagar bem aos policiais! Pois te digo, se trouxerem todos os equipamentos que se usa no CSI e outros tantos mais que nem sabemos que existem e se esquecerem daqueles que vão usar os equipamentos, de nada servirá. Para os que não sabem, equipamentos sozinho não elucidam crimes!

  12. fernando

    ta custando a vida de muitos alagoanos que esse desgoverno deixou de proteger, com essa politica de acabar com os policiais.desmotivar os agentes e peritos. Esse teo é o maior criminoso de alagoas

Comments are closed.