Crime, castigo e prêmio
   27 de junho de 2012   │     2:51  │  2

A cultura dos “direitos humanos” passou a soar como provocação entre muitos policiais civis e militares de Alagoas. Alguns – especialmente os que estão perto de se aposentar – evitam participar de operações para não correr o risco de “atirar num bandido”.

“Se isso acontecer o policial sofre um processo e pode retardar ou até perder a aposentadoria” conta um diretor do Sindipol.

Não que ninguém aqui esteja defendendo – e nem deve se admitir isso – que se resolva o problema da violência batendo ou matando “marginais”. Não é isso. Mas é preciso que a polícia tenha condições de enfrentar o crime à altura,  sem medo da prisão ou de um longo processo penal.

Talvez por isso Téo Vilela tenha ouvido na última segunda-feira o conselho de um importante líder político – sem discordar: “governador o senhor precisa dizer que se houver confronto, o policial deve atirar para matar. Entre a vida de um bandido e a de um policial, devemos optar pelo polical”.

Os policiais, especialmente os mais jovens querem exatamente esse apoio. Mas é importante que isso não se transforme numa desculpa para a matança generalizada. Qualquer política de segurança pública deve priorizar sempre a vida, em primeiro lugar.

O policial só deve atirar quando for estritamente necessário. Para isso ele precisaria de capacitação permanente e monitoramento eficiente. Essa é sempre uma zona perigosa, obscura até da segurança. Qualquer exagero é suficiente para formar, de um lado “justiceiros” ou do outro polidos policiais que tratarão os bandidos de “senhores”.

Um prêmio a eficiência

Nas delegacias e quartéis são crescentes as queixas pela falta de “motivação”.  Mas a SDS dá sinais de que pode mudar na prática essa política. Dário César implantou o que ele chama de meritocracia com o pagamento de prêmios pela apreensão de armas.

Em pouco mais de dois meses do início da nova política, 353 apreensões de armas receberam prêmios (que variam de R$ 200 a R$ 400 por arma apreendida), totalizando R$ 66 mil e premiações. O campeão de apreensões recebeu mais de R$ 4 mil.

Para o secretário de Defesa Social essa premiação – além de outros incentivos que virão por aí com o Plano Nacional de Segurança – vai ajudar no desarmamento da população e aumentar a eficiência do trabalho da polícia. “Quanto menos armas em circulação, mais seguro será o estado. Por outro lado, o número de apreensões deve crescer cada vez mais. Os policias sabem que vai valer a pena correr o risco de apreender uma arma”, explica.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. FRED

    SOU SEU GRANDE ADMIRADOR, QUANTO AOS PRÊMIOS TUDO BEM, MAIS O NOSSO GOVENADOR DEVERIA SER MAIS OUSADO, CRIANDO A PRODUTIVIDADE, POIS COM ELA CADA DELEGACIA E CADA BATALHÃO CORRERIA PARA DEMINUIR A VIOLÊNCIA. EDIVALDO A MINHA PROSPOSTA É: – EM NOSSA CAPITAL TEM VAMOS DIZER DOZE DISTRITO , ENTÃO O GOVENADOR PROPORIA(GRATIFICAÇÃO DE PRODUTIVIDADE, DIARIA E ADICIONALD NOTURNO) PARA QUE SÓ ASSIM MOTIVARIA OS POLICIAIS , O QUE NÃO ACONTECE, TIRE POR BFM UMA EMPRESA, ESSA EMBRESA TRABALHA COM SALDO E SALDO POSITIVO. O NOSSO ESTADO TEM QUE MUDAR ESSA MENTALIDADE E CRIAR TANTO A PRODUTIVIDADE COMO A PARTICIPAÇÃO DE LUCRO(POIR VEJA OS SALARIOS DOS NOSSOS POLITICOS E VEJAM SE ELES NÃO TEM LUCRO), É SÓ OLHAR O PATROMONIO DESSE POVO E O TIPO DE VEICULOS QUE ELES ANDAM.

  2. Amigo do Povo

    O importante lider político de falou isso deve ser um grande imbecil e o Gov se aceitar esta sugestão tambem o seria. Esta sugestão imbecil ja foi tentada em outros Estados e nada resolveu, somente aumentou a violencia e estimulou a criação de milicias capitaneadas por policiais matadores. Nada se fala sobre a Integligência e as maletinhas para grampear os telefones dos vagabundos. O que mais me chamou a atenção foi a apreensão de 2 Fuzis de assalto ontem. Estas armas devem estar migrando de outra região para cá e provavelmente os Marginais tb. Espero que o caso seja isolado.

Comments are closed.