Número de homicídios caiu em junho. Será o Brasil Mais Seguro?
   3 de julho de 2012   │     0:56  │  2

Conversei com Dário César na noite desta segunda-feira. Queria um balanço dos primeiros dias do Brasil Mais Seguro em Alagoas. Os números que ele me apresentou são animadores. Em junho deste ano a SDS registrou 187 “crimes violentos letais intencionais” – ou homicídios.

Na comparação com junho do ano passado, quando foram registrados 223 crimes, a redução é de -16,14%.

Ainda é cedo para comemorar, mas o secretário de Defesa Social acredita que a redução é resultado direto e indireto do Brasil Mais Seguro: “O plano foi lançado dia 27 e portanto só três dias não justificam essa redução. Mas se consideramos que os preparativos dias antes incluíram várias operações e o reforço no policiamento, essa redução é reflexo direto e indireto das ações implantadas pelo plano”, disse.

Claro que é cedo para qualquer balanço. Mas vale registrar que o primeiro final de semana após o plano – mesmo sendo de festas – foi bem mais tranquilo que o anterior. Foram 22 mortes entre os dias 23 e 24; já neste sábado e domingo teriam sido registrados 13 homicídios de acordo com um site local que faz a contagem de homicídios. Os números oficiais não foram divulgados.

No interior o problema continua

O Brasil Mais Seguro definiu, no curto prazo, um leque de ações que abrangem por enquanto Maceió e Arapiraca, as duas cidades mais violentas de Alagoas.

Talvez por isso a redução no número de homicídios tenha se dado exatamente nessas duas cidades. Entre sábado e domingo não foram registrados, ao menos até ontem a noite (segundo Dário César) homicídios em Maceió.

É fato que ocorreram assassinatos na grande Maceió (Marechal Deodoro e Rio Largo), no entanto o maior número de homicídios foi registrado nas cidades do interior. Santana, Delmiro, Piranhas, Maragogi e Igreja Nova. Arapiraca registrou “apenas” um homicídio no final de semana.

Em Maceió foram registrados tentativas de homicídios, além de assassinatos confirmados na sexta e nesta segunda. Claro que será preciso avançar também no interior.

Mas já é um avanço. Se ainda restam dúvidas quanto ao sucesso do plano entre os “cidadãos de bem”, pelo menos os “bandidos” e os “maloqueiros” parecem ter acreditado que o Brasil Mais Seguro  é pra valer.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. UMA TRÉGUA

    A BANDIDAGEM, MEU CARO AMIGO JORNALISTA, DEU APENAS UMA CURTA TRÉGUA. COM ELA, O SECRETÁRIO MAIS FRACO QUE A SEGURANÇA PÚBLICA JÁ TEVE, APROVEITA PARA APARECER NA MIDA,QUERENDO, É CLARO, ELE PRÓPRIO, ACENDER UM APAGADO. AGUARDE NOVIDADES POIS ESSE PLANO COM MUITO DINHEIRO NO MEIO NÃO IRPA DAR EM NADA. DESCULPE OS MEUS ERROS DE PORTUGUES. POIS SÓ CURSEI O M.O.B.R.A.L;

Comments are closed.