Ronaldo, Rui e Jeferson terão os maiores tempos no horário do rádio e TV
   10 de julho de 2012   │     15:15  │  5

A entrada de um oitavo candidato a prefeito no jogo da sucessão em Maceió – na última hora – causou surpresa. Sérgio Cabral, que seria ligado não a Força Sindical, como informei, mas a Central Geral dos Trabalhadores Brasileiros – CGTB ( segundo o leitor Fernando Targino), vai disputar pelo PPL. Pouco conhecido no  meio político ele conseguiu provocar de cara uma mudança nos cálculos do tempo que os partidos terão no horário gratuito eleitoral.

Todos esperavam o registro de sete candidaturas. Com mais um candidato, cada coligação perde cerca de 10 segundos. A divisão do tempo (30 minutos) no rádio e TV é feita de duas formas: dez minutos são rateados igualmente entre todos os candidatos. Isso dá 1 minuto e 15 para cada um. Os outros 20 minutos são divididos de acordo com a representação dos partidos na Câmara dos Deputados.

Para encontrar o tempo das coligações nas eleições de Maceió é preciso, então, somar 1min15s com o tempo que cada partido tem na Câmara.

Um bom exemplo é o de Jeferson Morais. Ele tem 1min15s na divisão igualitária dos  10 minutos. O candidato tem mais 1min3s do DEM e mais 1min17s do PSB, totalizando aproximadamente  3min35.

Já Rui Palmeira conseguiu melhorar muito seu tempo na TV com a entrada do PP na sua coligação, ficando com o segundo maior tempo no horário gratuito (1min15s, mais 2min2s do PSDB, 1min36s do PP, 1min27s do PR, 37s do PSC, 2s do PSL), totalizando cerca de 7 minutos.

Com a maior coligação destas eleições em Maceió, Ronaldo Lessa terá também o maior tempo de TV e rádio (1min15s mais 3min19s do PT, 2min55s do PMDB, 1min59s do PSD, 56s do PDT, 47s do PTB, 27s do PCdoB, 23 do PV), totalizando cerca de 12 minutos.

Abaixo de 2 minutos

Os outros candidatos terão, todos, menos de dois minutos no rádio e na TV. A regra é a mesma. O tempo cai por causa da baixa representação partidária.Vejam o caso de Rosinha da Adefal e Alexandre Fleming. Os seus partidos, PTdoB e PSOL, tem respectivamente 3 deputados federais, o que equivale a um tempo de cerca de 7 segundos. Então é só somar e vamos encontrar aproximadamente 1min22s para cada um dos candidatos.

Galba Novaes (que soma PRB, PRTB e PHS) deve ficar com cerca de 1min42s. Nadja Baia (PPS e PMN) com 1min38s e Sérgio Cabral, do PPL, ficará com 1min15.

COMENTÁRIOS
5

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. comunidade do trapiche

    quero ver se esse ronaldo,jeferson e rui se vao ganhar, por quer se ele ganhar o povo de maceio nao tenhe que reclamar de mas nada vio. obs. o jeferson fez oquer pro nosso estado minha gente, ele só sabe falar e nao vir ele fazer nada, o ronaldo como governador foi uma vergonha, ele só falava do salario que tava em dia, mas era obrigaçao dele pagar o salario do servidor público, esee rui ai nao vir ele fazer nada sinceramente vio.
    povo de maceio bora fazer a mundaça vamos voltar nesse que tao se candidatando agora, que é melhor dá um voto a quem numcafoi eleito do quer dá o volto a quem é ladrao,

  2. Alberto

    É preciso o maceioence ser muito burro ao ponto de eleger Ronaldo Lessa, um cara que foi impedido de se candidatar na eleição passada, por absurdos cometidos por ele. E agora já pode ser candidato, como pode ser candidato um cara que destruiu a vida de muitos pais de familia quando os demitiu do estado, inclusive de empresas regidas pelo regime celetista
    empresa de economia mixta, que os dava condições de ser contratados. E ele por perseguição os demitiu, foram inumeras familias a passar necessidade por causa dele. Carater não é para todos, mais lembranças sim.

  3. wal

    Irão dizer que trabalharam para trazer o céu para Maceió,e trouceram; quando na verdade, estamos na lama, em relação a todas capitais do Brasíl…Queram apostar ???
    Mudança já…

  4. Fernando Targino

    Uma correção em relação à matéria: o candidato do PPL, Sérgio Cabral é ligado à Central Geral dos Trabalhadores Brasileiros – CGTB.

  5. Surpresa

    Vamos ver se realmente vão sair propostas. O maceioense está cansado de balela.. de blá.. blaá.. blá.

Comments are closed.