“Obrigado Dilma”: Téo vai aproveitar inauguração para pedir e agradecer a presidente
   10 de agosto de 2012   │     15:47  │  0

Dilma Rousseff vem a Alagoas no próximo dia 17 para inaugurar uma nova fábrica de PVC em Marechal Deodoro. O ato estava previsto para o dia 16 e mudou de data por conta da agenda da presidente.

Ela, aliás, já tinha dito que não viria. Mas foi convencida por Téo Vilela a encaixar o evento na sua agenda, em função da importância do empreendimento.

Talvez por isso a agenda de Dilma Rousseff em Alagoas, na segunda visita oficial da presidente ao Estado, tenha ficado tenha se restringido  a inauguração da fábrica a e a “despachos” com o governador.

Téo Vilela já relacionou o que espera falar em 30 minutos de tempo que terá reservadamente com a presidente: vai pedir ajuda na liberação da licença ambiental do estaleiro e vai agradecer pelo plano Brasil Mais Seguro.

O governador também vai aproveitar para apresentar a presidente a sugestão de lançar por Alagoas um plano emergencial para a educação, nos mesmos moldes do plano de segurança.

A iniciativa é boa. Até porque o Estado vive hoje um drama sem precedentes: o ano está acabando e milhares de alunos da rede estadual ainda não começaram o ano letivo.

Para quem quer mais informações sobre a fábrica de PVC, deixo link de notícia da Agência Alagoas acerca do evento:

http://www.agenciaalagoas.al.gov.br/noticias/presidenta-dilma-vem-a-alagoas-no-dia-17-para-inauguracao-da-nova-planta-da-braskem

Reforço “permanente”

Um detalhe que é importante sobre o Brasil Mais Seguro: o governo federal já sinalizou que vai manter, aqui, os policiais da Força Nacional até que o estado estruture o setor de segurança pública. Isso quer dizer, em outras palavras, até que o estado realize o concurso da PC e da PM, capacite e coloque esse pessoal nas ruas ou nas delegacias. É tarefa para um ano ou mais.