TCU nega novo recurso e complica Petrúcio Barbosa em Palmeira dos Índios
   11 de agosto de 2012   │     20:42  │  0

Ele seria – na avaliação das lideranças políticas de Palmeira dos Índios – o mais forte candidato a prefeito da cidade, hoje, não fosse a impugnação do seu registro pela Justiça Eleitoral. Seria. Mas hoje a realidade é outra. O que todos perguntam é até quando Petrúcio Barbosa vai “sangrar”?

Do ponto de vista jurídico a situação de Petrúcio Barbosa se complicou ainda mais essa semana com nova decisão do Tribunal de contas da União. Essa semana começou a circular em Palmeira dos Índios cópia de uma decisão do TCU (Acórdão Nº 2045/2012 – TCU – Plenário) negando recurso do candidato a prefeito do PTB.

Essa decisão, do último dia 8, dizem seus críticos inviabiliza a candidatura. Isso porque a condenação pelo TCU (um processo de quando ele foi prefeito de Igaci) torna o candidato inelegível por conta da lei do ficha limpa.

Por enquanto, Barbosa é candidato e pode fazer campanha sub judíce. O advogado do candidato, Fábio Ferrário – já registrei aqui – tem certeza de que pode reverter a decisão da 10ª Zona Eleitoral no TRE. O recurso deve ser julgado até o próximo dia 21. Provavelmente – em caso de derrota – o candidato recorra ao TSE. Se isso acontecer, sua candidatura deve inevitavelmente sofrer desgastes.

Embolado

Mantida a candidatura de Barbosa o quadro continuará embolado em Palmeira dos Índios. Se o registro for indeferido em definitivo é provável a polarização entre James Ribeiro e Patrícia Sampaio. Enquanto isso a campanha segue, ainda morna, na cidade e só deve esquentar mesmo a partir do próximo dia 21, quando também começa o horário gratuito de propaganda no rádio.

Deixo no link a seguir a decisão do TCU,,

http://edivaldojunior.blogsdagazetaweb.com/wp-content/uploads/sites/12/2012/08/TC-024.833-2007-8-Excerto.pdf