De Téo para Dilma: “Segurança sem educação é como enxugar gelo”
   20 de agosto de 2012   │     6:30  │  7

“Porque Dilma Rousseff disse, durante a inauguração, que está com os “olhos voltados” para a educação em Alagoas? Ela conversou antes com Téo Vilela que lhe pediu ajuda para tentar melhorar o pior Ideb do Brasil”.

Foi essa nota publicada na coluna Mercado Alagoas, da Gazeta de sábado, que levou Téo Vilela a me telefonar: “Edivaldo você foi único que entendeu o espírito da coisa”, disse numa referência a fala da presidente durante a inauguração da fábrica de PVC.

Até porque não fazia sentido a presidente falar do tema se não houvesse antes algum entendimento com seu anfitrião.

O fato é que antes do evento – a bordo de um helicóptero – Téo Vilela usou os poucos minutos com a presidente Dilma Rousseff para dizer a ela que o plano Brasil Mais Seguro vem dando certo em Alagoas. Ele agradeceu a presidente pelos resultados positivos alcançados até agora.

Em seguida, emendou: “mas não adianta ficar só não questão da segurança. Se não resolver a questão da educação, continuaremos a ver nossos jovens cooptados pelo crime. Cuidar apenas do combate à violência, sem combater as causas, é como enxugar gelo”.

O governador aproveitou para sugerir a presidente um plano ao estilo do Brasil Mais Seguro na educação de Alagoas. A questão, informou, já vem sendo discutida com o ministro da Mercadante.

A reação da presidente, segundo relato de Téo Vilela, foi de aprovação: “ela achou a ideia ótima e ainda virou para o ministro Lobão (Minas e Energia) e disse que também faria o programa no Maranhão. Vamos começar pelo Maranhão e Alagoas”.

O prazo até que o plano na área de educação seja lançado pode ser curto. Ou não. Mas, com a aprovação de Dilma Rousseff, o governador vai, com seus auxiliares, ao Ministério da Educação nos próximos dias.

Téo Vilela e Dilma Rousseff sabem que ao contrário do Brasil Mais Seguro – que conseguiu resultados nas primeiras semanas em função da ostensividade das polícias – qualquer intervenção na educação não trará resultados imediatos. Os resultados serão de médio e longo prazos.

Mas quanto mais cedo começar, melhor.

COMENTÁRIOS
7

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. eterno mendigo

    CHEGUEI A UMA CONCLUSÃO: ALAGOAS É GOVERNADA NO MOMENTO, POR UM PEDINTE, UM MENDIGO. COMO ESSE CIDADÃO CHAMADO TEOTONIO, GOSTA DE FURAR O COFRE DO BRASIL, PEDINDO ESMOLAS, SEMPRE QUE PODE, Á PREDIDENTA DA REPÚBLICA. NO NORDESTE, É O BOLSA FAMILIA MAIS VOLUMOSO EM TERMOS DE DINHEIRO. DIAS DESSES, DEU UMA FURADA COM A DESCULPA DE QUE SERIA PARA ACABAR COM A VIOLENCIA QUE NUNCA, ENQUANTO ELE FOR GOVERNADOR, ACABARÁ EM ALAGOAS. AQUK, O DINHEIRO CHEGA E LOGO DESAPARECE. DINHEIRO PARTA OBRAS DAS CASAS DOS FLAGELADOS, PARA A RODOVIA AL-SUL, PARA ESCOLAS,SAUDE E AGORA =, PARA A EDUCAR O ANALFABETO, PODE CHEGAR, MAS DESCONFIO QUE IRÁ PARA A CAMPANHA DO “RUIZINHO”.

  2. Cidadão indignado

    A estratégia desse governo esta mesmo, ou seja, não investe em nada, nem mesmo no mais básico e os setores viram um caos e depois pede socorro ao governo federal. Vai ser assim com segurança, saúde, educação, agricultura etc,etc. Nada nesse governo funciona.

  3. Teocrito de Vasconcelos

    Eu acho que a federalização, não resolve o caso! O que acontece é que governadores e prefeitos não querem gastar com essas coisas! O certo é que eles fossem obrigados a fazer, poque senão teriam que passar por uma fiscalização séria, rigorosa! Mais não tem! Fica como esta!

  4. Amigo do Povo

    Prezado Blogueiro, fiquei realmente confuso com as informações que venho recebendo deste Jornal sobre a Educação. Primeiro foram 5 milhoes para estudar como seria feito a reforma. O total a ser aplicado em emergencia (sem licitação) eram de mais ou menos 50 milhões não eram ? Agora tem uma conversa rolando de que a reforma era em apenas 19 ou 20 escolas. Qual material estão usando ??? Prata e Ouro. Ora bolas a presidente é politica e educada, mas o Sr. sabe muito bem que ela e muito bem informada e que ela não dá ponto sem nó. Entre o discurso e a realidade existe um enorme vazio. Como dizia o falecido Ibrhim Sued, “olho vivo porque cavalo não desce escada”. Lembro ainda ao referido Blog que o exterminio de população de Rua cotinua impune e bem vivo com 20 mortes até o momento. O exterminio dos 4 joves da Grota continua sem culpados, mesmo com 4 delegados(a) e por ai vai, mesmo com a ajuda federal. A febre realmente diminuiu na segurança, mas até quando ? O primero concurso para a PC, justamente a que deveria investigar, ja foi atrasado sem data de realização. Dona Dilma joga tudo na sua reeleição (eu até voto nela) e o Governo que é do PSDB, ajuda na consoliddação da sua imagem, admitindo a todos sua incompetencia, admitindo que após 6 anos, está totalmente falido em setores fundamentais. Esta e a ajuda que Aécio Neves irá ter ? Que politica é esta ?

  5. Julio

    A solução seria FEDERALIZAR a educação, investindo pesado, já que os estados e municípios (a maioria) não tem competência para gerir a educação pública!

  6. luiz paulo sodre

    Sr. Edivaldo,quando o senhor, começou a escrever nesse blog,eu lhe mandei um comentário,lhe parabenizando,pelos motes sempre atualizado,e principalmente pela sua imparcialidade,volto a lhe parabenizar e sugerir,que continue assim,o senhor tem se tornado,um dos blogueiros com maior credibilidade em seus artigos, justamente pelos motivos que já citei acima,mais uma vez, parabéns.

Comments are closed.