O jogo começou: guia eleitoral pode mudar ou confirmar voto do eleitor em Maceió
   23 de agosto de 2012   │     7:04  │  3

Quem faz política sabe que o cronograma eleitoral começa muito antes do dia da eleição. Faltando um ano termina o prazo de filiação partidária. A partir daí a contagem é regressiva: pré-campanha, convenções, formação de comitê, impressão e distribuição do material gráfico e, finalmente, a fase mais importante e decisiva antes do voto – o guia eleitoral.

O horário gratuito no rádio e TV pode confirmar favoritismos nas pesquisas ou ajudar a eleger alguém que você nem conhecia. Aqui, um parêntese: digo isso em relação aos candidatos majoritários. Na proporcional vale mais (ainda e infelizmente) quem tem mais: mais grana, mais “serviços prestados” ou mais ovelhas no curral eleitoral.

De segunda a sábado são dois programas diários de meia hora, em horários diferentes no rádio e na TV – sendo três dias para prefeitos e outros três para vereadores – afora as inserções que rodam nas emissoras todos os dias.

O espaço é suficiente para apresentar propostas, ideias e também para tentar minar adversários. Nesse jogo vale tudo.  Denúncias, acusações, insinuações. Os “podres” serão escancarados na medida em que o candidato tiver chance real de vitória.

Assim a vida pública e privada, o comportamento político, as ações do passado e do presente de Ronaldo Lessa e Rui Palmeira – os líderes das pesquisas em Maceió – serão escancaradas nos próximos programas eleitorais.

O que assistimos nessa quarta-feira, na estreia dos candidatos a prefeito no guia foi “fichinha”. O primeiro programa é usado para a apresentação de cada candidato, sua história e sua família. E não foi diferente em Maceió.

Daqui pra frente, quem tiver canela que se cuide.

Os candidatos que tiverem as melhores estratégias e os melhores marqueteiros garantem pontos na pesquisa e se habilitam para o segundo turno.

Saber usar cada segundo faz diferença e pode mudar os rumos da sucessão em Maceió ou qualquer outra cidade.

Nessa disputa Ronaldo e Rui partem com grande vantagem. Eles têm 12 minutos e 7 minutos respectivamente, enquanto todos os outros candidatos juntos têm 11 minutos. Mas uma propaganda inteligente, ao gosto do eleitor, pode acabar com essa vantagem e favorecer candidatos como Galba, Jeferson ou Rosinha, que aparecem com chances reias de entrar na briga por uma vaga para o segundo turno.

Olho na TV, ouvido colado no rádio… A “bola” está em campo e o jogo vai esquentar!

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. arrumadinho

    ESSE NEGÓCIO DE VETAR A CANDIDATURA DO RONALDLO LESSA FAZ PARTE DO ARRUMADINHO ENTRE POLITICOS E O JUDICIÁRIO ELEITORAL. NÃO SEI O MOTIVO DE TANTO REBOLIÇO EM FUNÇÃO DE UMA MULTA, POR SINAL, JÁ PAGA. O NEGÓCIO DE BARRAR O LESSA TEM GRANDES MOTIVOS E ENSEJADOS PELAS AMIZADES, DE GESTORES DO TRE COM POLITICOS. NO MEU ENTENDER, TODOS OS POLITICOS SÃO VICIADOS EM PERSEGUIR O MAIS PRÓXIMO DO SUCESSO. TORÇO PARA QUE O TESE QUEBRE AS ASAS DESSES APROVEITADORES E QUE =, NO DIA SETE DO DEZ DE RONALDO NA CABEÇA. DENTRE OS DEMAIS CANDIDATOS, ELE É BEM MELHOR QUE OS OUTROS. NOS QUAIS, NÃO VOTO.

  2. Eli Farias

    Eli Farias disse em 22082012 as 2036 É um ato antidemocrático e vergonhoso sacrificar um cidadão postulado pela opinião pública ser teoricamente o prefeito de maceió por um deslize burocrático e banal ;esta decisão deveria ser do povo, que tem o legitimo poder de decidir, que seja ou não Ronaldo Lessa o prefeito de maceió;e não está em mãos de pessoas que decidem por influências sutis e até mesmo particulares isto fere a nossa tão frágil democracia ,LENBRAIVOS de um fato na História, que o imperador romano vendo aquela multidão clamando como um deus, ele tinha um escravo ao seu lado lhe dizendo ao seu ouvido tu és só um simples mortal

    1. Eli Farias

      Edivaldo Junior,não sei o pq vc colocou esta observação, tem alguma coisa errada e exteriorizar seus pensamentos e emoções só errei em no comentário errado,minhas desculpas.

Comments are closed.