Quem é mais popular em Maceió: Téo, Cícero ou Dilma?
   16 de setembro de 2012   │     15:02  │  2

Qual o peso do atual prefeito, do governador de Alagoas e da presidente da república nas eleições deste ano?

Além de medir a preferência do eleitor, a segunda pesquisa de intenção de votos à Prefeitura de Maceió, feita pelo Ibope, contratada pela TV Gazeta e divulgada na noite desta sexta-feira, mostra qual a opinião do maceioense sobre as administrações de Cícero Almeida, de Téo Vilela e de Dilma Rousseff.

O Ibope quis saber como o eleitor classifica a administração do prefeito de Maceió: 13% disseram que é ótima, 37% boa, 32% regular, 7% ruim, 9% péssima e 2% não sabe/não respondeu.

O Ibope também perguntou como o eleitor classifica a administração do governador Teotonio Vilela Filho: 3% responderam que é ótima, 23% boa, 39% regular, 10% ruim, 21% péssima e 4% não sabe/não respondeu.

A pesquisa também avaliou a administração da presidente Dilma Rousseff: 17% responderam que é ótima, 40% boa, 28% regular, 7% ruim, 5% péssima e 2% não sabe/não respondeu.

No caso específico da prefeitura, o Ibope perguntou se o eleitor aprova ou desaprova a forma como prefeito Cícero Almeida vem administrando a cidade de Maceió: 67% aprova, 25% desaprova e 8%  não sabe/não respondeu.

Dilma, Cícero e Téo Vilela vão influenciar os eleitores de Maceió?

De acordo com os números do Ibope, não! Nem um dos atuais gestores tem demonstrado, até agora, capacidade de influenciar a decisão do eleitor.

Vejam os números do governador. Ele tem a pior avaliação (e não é tão ruim assim), mas seu candidato (Rui Palmeira, PSDB) está disparado nas pesquisas. Já o candidato de Cícero e Dilma (Ronaldo Lessa, PDT) cai na preferência do eleitor.

Assim, é possível deduzir que o governador, prefeito e presidente não tem poder de influenciar nas eleições municipais ou a campanha não consegue traduzir o peso do apoio desses gestores para os candidatos.

O levantamento

As entrevistas de 602 eleitores foram feitas pelo Ibope entre os dias 11 e 13 de setembro. A pesquisa foi realizada com eleitores de 16 anos ou mais e o modelo de amostragem utilizado foi o de conglomerados em 2 estágios. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos, sobre os resultados encontrados no total da amostra. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas, sob o número AL-00028/2012.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. nnão tão com nada

    COM EXCEÇÃO DESTE GOVERNADOR TEOTONIO, JÁ ACOSTUMADO A TROCAR OVINOS E CAPRINOS POR VOTOS, O CIÇO E A DILMA, NÃO TÃO COM NADA. DE NADA VALER]AO OS SEUS APOIOS EM FUNÇÃO DO RONALDO, PREJUDICADO PELO TRE E QUE IRÁ PASSAR POR FORA NO TSE, EM FUNÇÃO DAS AMIZADES DESTE DESGOVERNADOR COM OS MINISTROS QUE O SALVARAM DA PERDA DO MANDATO. NÃO VOTAREI EM NENHUM.

  2. Santos

    O IBOPE deixou de incluir na pesquisa Lula, Renan e Collor, aí sim, seria uma pesquisa justa. Não interessa ao povo de Maceió nesse momento o desempenho de Téo, afinal a eleição é Municipal.

Comments are closed.