Téo Vilela vai para queda de braços com Luciano Barbosa em Arapiraca
   18 de setembro de 2012   │     20:01  │  0

Se em Maceió a eleição só agora está começando a ser “estadualizada”, em Arapiraca a história é outra. Na segunda maior cidade do Estado, a temperatura da campanha está cada vez mais alta, num confronto que põe frente a frente o atual prefeito, Luciano Barbosa, e o governador Teotonio Vilela Filho.

Téo Vilela mandou para lá um marqueteiro experiente, mobilizou sua tropa de choque e está conseguindo mexer com o quadro eleitoral além do esperado.

A pesquisa Ibrape, divulgada hoje, mostra Célia Rocha, PTB, à frente com 48%, Rogério Teófilo, PSDB, com 23% e Alves Correia, PTdoB, com 12%. Se comparado com a pesquisa Gape, de 15 de julho (Célia 55%, Alves 16% e Rogério, 12%) o novo levantamento aponta para um forte crescimento do candidato tucano.

A distância de Rogério para Célia ainda é muito grande, mas nada impossível de ser revertida, avalia o marqueteiro do candidato tucano, Rui França: “vamos ganhar as eleições em Arapiraca”, aponta, repetindo Téo Vilela.

No último final de semana Luciano Barbosa teve o reforço de Collor e Renan na campanha. A entrada dos senadores na campanha, embora ainda discreta, ajuda a fortalecer Célia Rocha e pode frear o crescimento de Rogério. Fortalecido, o prefeito vai aumentar o tom das crítica que já faz ao governador.

Assim, a “briga” que era esperada para Maceió está sendo vista, em primeira mão, em Arapiraca. Isso ocorreu porque Téo Vilela foi “poupado” na capital até a semana passada.

Sem maiores de preocupação em Maceió, o governador decidiu centrar fogo em Arapiraca. Mas a partir de agora, essa história deve mudar.

O chapão chamou Téo Vilela para a “briga” em Maceió. E ele deve topar a parada. Hoje mesmo ele já encaminhou a Justiça Eleitoral pedido de direito de resposta para se responder as críticas feitas ao governo pelo programa de Ronaldo Lessa no guia eleitoral.