Brabo recorre contra registro da candidatura de Petrúcio Barbosa no TSE
   19 de setembro de 2012   │     20:15  │  1

O candidato a prefeito do PTB em Palmeira dos Índios pode ganhar, mas não levar. Petrúcio Barbosa teve o registro de sua candidatura indeferido na primeira instância, recorreu e ganhou, em votação apertada, no TRE-Alagoas.

Agora ele deve enfrentar novo julgamento no TSE. É que o advogado do atual prefeito e candidato à reeleição, James Ribeiro, do PSDB, decidiu entrar com recurso questionando a decisão do Tribunal Regional Eleitoral.

“Já entramos com um recurso e também com um embargo declaratório. Acreditamos que o TSE negará o registro de Barbosa porque, como iremos demonstrar, além de integrar a lista do TCU vamos demonstrar que houve dolo na sua ação como gesto público”, resume Marcelo Brabo.

O advogado não tem, no entanto, expectativa de que o a caso de Barbosa seja julgado antes das eleições. “Provavelmente o julgamento só ocorrerá depois de 7 de outubro. Como acreditamos que o recursos será indeferido, Petrúcio correrá o risco de disputar a eleição e, se ganhar, não poder assumir. No entanto, acreditamos que o julgamento talvez até se torne desnecessário no caso da provável vitória de James Ribeiro”, aponta.

O julgamento de Lessa

Marcelo Brabo também é advogado de Ronaldo Lessa e espera que o recurso do candidato do PDT a prefeitura de Maceió seja julgado nesta quinta-feira à tarde. “Estamos esperando confirmação. Só saberemos amanhã pela manhã”, diz

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Alagoano no fundo do poço

    É melhor que andar com galos debaixo do braço e megulhado no baralho fazendo apostas milionárias, sem se importar com o caos que palmeira dos índios sestá mergulhada. Torcemos para que entre um Prefeito de vergonha na cidade

Comments are closed.