Téo x Ronaldo: governador “manda carta” e evita aparecer no guia eleitoral do chapão
   21 de setembro de 2012   │     17:53  │  2

Téo Vilela, Biu de Lira e Marcos Fireman ganharam, cada um – como adiantei, ontem, aqui – um minuto de direito de resposta contra a fala de Cícero Almeida. O prefeito reapareceu, na última segunda-feira, no programa eleitoral do chapão e soltou contra todos os três.

A resposta que vai ao ar hoje a noite no programa de Ronaldo Lessa, no entanto, será “burocrática”. Atendendo recomendações dos seus marqueteiros, os três decidiram responder as críticas de Cícero Almeida por carta, que será lida por um locutor.

Portanto, não espere ver a cara ou ouvir a voz de nenhum dos três no horário do chapão, hoje a noite.

Os três terão de se limitar a abordar o tema em que se declararam ofendidos pelo prefeito. No caso de Fireman, que fala como secretário de Infraestrtura, a resposta será em cima das obras do Vale do Reginaldo. O prefeito acusou a Secretaria de ser responsável pelo atraso nas obras.

Benedito de Lira e Téo Vilela, acusados de “ingratos” poderão falar um pouco mais sobre a situação política, se quiserem.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. AINDA HÁ TEMPO MACEIÓ!

    Fez tanta questão de ganhar na justiça o direito de resposta e na HORA NÃO APARECE!O GOVERNADOR TUCANO COM RECEIO DE PREJUDICAR SEU ALIADO CANDIDATO A PREFEITO, TAMBÉM TUCANO! ACORDA MACEIÓ! AINHA HÁ TEMPO!!!!O arrependimento vem depois.Aí é tarde…

  2. luiz paulo sodre

    Amigo Edivaldo,assisti o guia eleitoral, vi e ouvi as notas oficiais do governador e do secretário e a fala do Sen. Benedito de Lira,muito esclarecedoras e por sinal, muito elegantes,como é de se esperar de pessoas educadas.Que aprenda o prefeito Cícero Almeida.

Comments are closed.