Decisão do TSE sobre Lessa repercute em todo o Brasil
   5 de outubro de 2012   │     3:20  │  3

Os principais jornais, agências e portais de notícias do Brasil repercutiram a decisão do TSE , que negou recurso do ex-governador Ronaldo Lessa. Seu registro como candidato a prefeito foi negado por problemas de quitação eleitoral.

O caso demorou dois meses até chegar ao pleno do TSE, mas chamou a atenção pela rapidez com que foi julgado, ontem a noite, e pelo placar: 7×0.

Nenhum dos ministros teve a menor dúvida de negar o recurso de Lessa – que atribuía a um erro da própria Justiça Eleitoral o pagamento fora do prazo de uma multa aplicada em 2006. A versão é praticamente a mesma em todos os sites.

 “O indeferimento do registro ocorreu porque Ronaldo Lessa não quitou dentro do prazo uma multa eleitoral que tinha o valor de R$ 21 mil. Segundo o TSE, ele teria que pagar a quantia, que atualizada chegava a R$ 41 mil, até 5 de julho, prazo final para registro dos candidatos. O valor foi pago somente em 25 de julho”, diz o G1, portal da Globo.

Já a Folha registrou a opinião do Ministério Público Eleitoral:

“Dessa forma, estando demonstrado que o candidato recorrente poderia ter quitado o valor do débito ou requerido seu parcelamento antes da formalização do pedido de registro de sua candidatura, até mesmo porque conseguiu realizar o seu pagamento em período posterior, por meio de Darf, improcedem as alegações no sentido de que foi prejudicado pela Justiça Eleitoral”, disse a vice-procuradora-geral Eleitoral, Sandra Cureau.

Nos links a seguir você pode acessar as notícias, completas, do G1 e Folha:

http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2012/noticia/2012/10/tse-rejeita-candidatura-de-ronaldo-lessa-candidato-do-pdt-em-maceio.html

http://www1.folha.uol.com.br/poder/1164111-tse-rejeita-registro-de-candidatura-de-ex-governador-de-al-ronaldo-lessa.shtml

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Alagoano Ligado

    O Engraçado desta História é que quem perdeu este prazo e gerou a multa foi jstamente o “competente” Advogado Adriano Soares (aquele que não gosta de ouvir a palavra licitação) que hoje é secretário do Téo, que apoia o Rui, que é o adversário do Lessa. Interessante não ?

  2. Eleitor

    Pôxa, pelo título da matéria, Alagoas está bombando! O Brasil todo deve estar muito interessado que será o prefeito de Maceió mesmo!

  3. S.A.MENDONÇA

    CONTINUO AFIRMANDO TEVE DEDO GRANDE E GENTE GRAUDA EM BRASÍLIA PEDINDO O ADIAMENTO E O INDEFERIMENTO DA CANDIDATURA DE LESSA.

Comments are closed.