Gilberto Gonçalves é substituído por funcionário na disputa pela prefeitura de Rio Largo
   6 de outubro de 2012   │     13:26  │  0

Esse é um artifício antigo que parece ganhar força nas eleições esse ano em Alagoas. A legislação eleitoral permite a troca de candidatos a prefeito e vice até algumas horas antes da votação. Assim, alguns candidatos ficha suja ou que foram indeferidos por qualquer outro problema mantém a candidatura até o último minuto, em busca sabe-se lá do que.

Em alguns casos intenção é mesmo a de iludir o eleitor e de enganar adversários. É o que está acontecendo, aparentemente, em Rio Largo. Ontem a noite o candidato a prefeito pelo PRB, Gilberto Gonçalves renunciou a candidatura e  colocou em seu lugar Elmisson Santos, que é seu funcionário.

“Dizem que é o motorista dele”, informa um assessor de outro candidato.

No caso de Rio Largo, a juíza da 15ª Zona Eleitoral, Luciana Cavalcanti, comunicou o fato aos os demais candidatos a prefeito da cidade e pediu que cada um deles utilizem dois carros de som para divulgar Nota Oficial informando o fato à população.

Com essa iniciativa, a decisão de Gonçalves vai perder a “eficiência” eleitoral.