Fleming, o primeiro “cara” com mais votos que Heloisa Helena no PSOL
   10 de outubro de 2012   │     13:17  │  5

Você lembra das eleições de 2008?  O candidato a prefeito do PSOL era Mário Agra. Teve menos de 6 mil votos.

Heloísa Helena dona de mais de 92 mil votos na capital alagoana em 2006, quando ficou em 3º lugar na disputa pela presidência, conseguiu quase 30 mil votos para vereadora. Foi uma votação expressiva – mas abaixo do esperado, segundo a imprensa nacional.

Ex-deputada estadual, ex-senadora, ex-vice prefeita de Ronaldo Lessa, a vereadora disputou vários cargos. Em todas as disputas sempre foi a campeã de votos da sua legenda.

Essa história mudou no último domingo. Pela primeira vez um candidato do PSOL teve mais votos que Heloisa. Com uma campanha inteligente, leve, bom discurso e o melhor aproveitamento das redes sociais, Alexandre Fleming surpreendeu.

Ele teve 20.561 votos, ficou a frente de Sérgio Cabral, Nadja e Rosinha juntos. Heloisa teve 19.216, o suficiente para se eleger, mas não para “carregar” outro vereador, como aconteceu nas eleições passadas com Ricardo Barbosa.

Claro que ter todos esses votos – e eles são muitos, dadas as circunstâncias – é uma grande vitória para HH e a esquerda. São votos, como ela gosta de repetir, limpos. Mas a boa performance de Fleming é uma boa novidade para a esquerda alagoana, que andava perdendo musculatura por falta de novos nomes capazes de conquistar o eleitor e a opinião pública.

Fleming, que agora ataca de “Ultraman” (seu herói de infância) no Facebook conseguiu mostrar que é possível… Ou melhor, que nada é impossível mudar.

Vale a pena ver de novo

Para recordar deixo um link sobre o resultado das eleições em Maceió com a avaliação da eleição de HH. Naquela eleição ela despertava mais o interesse da mídia nacional.

http://eleicoes.uol.com.br/2008/ultnot/2008/10/06/ult6008u341.jhtm

COMENTÁRIOS
5

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Isaac Neves

    Teve “menos votos que o necessário para se eleger”, mas foi a mais vereadora mais votada, e de longe.

  2. Ricardo Barbante

    Ricardo Barbosa, quando candidato a Governador somou mais de 50 mil votos. Então, não entendi essa matemática claramente falaciosa.

    1. Edivaldo Júnior Post author

      É fato que Ricardo Barbosa teve 51,8 mil votos para governador em 2006. Mas na mesma eleição HH teve 178 mil votos em Alagoas, disputando a presidência. A conta é essa: até agora ninguém no PSOL tinha tido mais voto – numa mesma eleição claro, do que Heloisa. E quanto ao Ricardo Barbosa, é importante lembrar que ele foi puxado pela Heloisa na votação para governador e principalmente, em 2008, quando ele teve apenas 453 votos e foi eleito vereador graças aos quase 30 mil votos de HH. Nestas eleições, as destes ano, o Ricardo ficou com 852 votos e HH com 19.216.

  3. jacqueline

    Caro Edvaldo, há um equívoco no texto, pois HH conseguiu sim ‘arrastar’ mais um vereador. Esperamos que este saiba honrar o mandato e não fazer o que fez Ricardo Barbosa.

    1. Edivaldo Júnior Post author

      Cara leitora, o fato é que HH teve menos votos que os necessários para se eleger. Por muito pouco, é verdade. O quociente eleitoral, como você sabe, se encontra dividindo o número de vagas pelo número de votos válidos. Nas eleições proporcionais em Maceió, segundo TRE, foram 413.291 votos, o que dá um quociente eleitoral de 19.680, acima dos 19.216 votos de HH. O outro vereador foi eleito pelos votos da partido. O
      PSOL teve, incluindo legenda, 38.871 votos (9,41%) e HH 19.216 (4,65%).

Comments are closed.