TJ suspende intervenção no Grupo João Lyra
   5 de novembro de 2012   │     22:09  │  1

Foi algo que poderia ter acontecido, mas nunca aconteceu. A intervenção no Grupo João Lyra se restringiu, até agora, apenas a letras e números de processo na Justiça Alagoana. Na prática, passada uma semana, os interventores, liderados por Ademar Fiel, nunca tomaram nenhuma decisão dentro das empresas.

E tudo indica que não devem tomar nenhuma decisão. Isso porque a intervenção, que nunca teve efeito prático, perdeu seu efeito legal.

O embargo de declaração, apresentado pelo diretor jurídico do grupo JL, Augusto Galvão, na última terça,30,  suspendeu a medida. O pedido era para que o juiz, Sóstenes Costa de Andrade, da comarca de Coruripe, reformulasse a decisão que o levou a decretar intervenção nas empresas e a afastar a sua direção.

O juiz negou o embargo apresentado pelo advogado. Mas Galvão recorreu a instância superior e o presidente do TJ Alagoas atendeu, hoje, o pedido feito pelo advogado. Sebastião Costa Filho derrubou a intervenção judicial no grupo JL, que está em processo de recuperação judicial.

A decisão do desembargador Sebastião Costa Filho será publicada, nesta terça, no Diário Eletrônico da Justiça.

Com a decisão, explica o diretor jurídico, a intervenção perdeu sua efetividade: “na prática nunca houve intervenção e o grupo continua funcionando normalmente”, aponta.

A usina Guaxuma, adianta Galvão, começa a moagem na próxima sexta-feira. “É um fato para se comemorar.Vamos provar para a justiça que o grupo JL é viável, está com suas unidades em pleno funcionamento. O trabalho que a gente está fazendo  é honesto, sério e correto, objetivando resolver todas as pendências. Os credores devem acreditar”, enfatiza.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. S.A.MENDONÇA

    POR TRÁS DESTA HISTORIETA DE “FALÊNCIA”, EXISTEM MUITA SUJEIRA,PANOS REALMENTE SUJOS QUE PRECISAM DE LIMPEZA GERAL:SONEGAÇÃO DE IMPOSTOS,DÍVIDAS COM A ELETROBRAS,DÍVIDAS COM INSS,DÍVIDAS DE FUNDO DE GARANTIA, E PRINCIPALMENTE BRIGAS ENTRE MEMBROS DA FAMÍLIA.

Comments are closed.