Téo Vilela vai sancionar aumento de salário para governador e vice
   12 de dezembro de 2012   │     22:05  │  3

Depois da queda de braço com servidores da Secretaria da Fazenda, a paz parece voltar a reinar no serviço público do Estado.

O Palácio dos Palmares dá claros sinais de que Téo Vilela não deve vetar o aumento de salário aprovado hoje, na Assembleia Legislativa em sessões extraordinárias para os salários do governador e do vice (Veja o link http://gazetaweb.globo.com/noticia.php?c=329550&e=2).

O reajuste de 7% beneficia principalmente servidores da Sefaz e delegados de polícia, que deixaram de receber reajustes juntos com outros servidores por causa do “teto constitucional/’.

O secretário do Gabinete Civil, Álvaro Machado, espera receber apenas receber o projeto, que é de autoria do Poder Legislativo, para avaliar o impacto na folha. Ele acredita que o projeto será sancionado: “além de não incluir reajuste para secretários, os deputados também reduziram a retroatividade, o que deve tornar a sanção viável”, aponta.

A sanção do projeto que aumenta o salário do governador de 18,3 mil para 19,6 mil deve acabar com as rusgas entre governo e servidores da Fazenda. Os fiscais de renda tem o teto de seus salários atrelado ao vencimento do chefe do executivo. Assim, eles serão beneficiados diretamente com o reajuste.

O secretário da Fazenda, Maurício Toledo, explica que o projeto de lei equipara,na prática, o reajuste de servidores que ficaram de fora do aumento concedido em maio  para o funcionalismo. “Como alguns servidores já ganhavam igual ou acima do teto constitucional, não foram beneficiados pelo reajuste de 7%”, explica.

O impacto mensal do reajuste (retroativo a maio), de acordo com o projeto de lei aprovado ontem, deve ficar entre R$ 200 mil e R$ 300 mil. Isso porque poucos servidores estariam hoje acima do teto constitucional. Do jeito que foi aprovado, o projeto também terá sua sanção recomendada pela Sefaz.

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. S.A. DE LIMA

    ESSE GOVERNADOR QUE NADA FAZ MERECE ATÉ MAIS,ALÉM DOS IMPOSTOS SONEGADOS POR SEUS PÁREOS.É PRECISO QUE O POVO ALAGOANO COMPREENDA O QUE ELEGERAM,.ALAGOAS SÓ VIVE DE PIRES NAS MÃOS EM BRASÍLIA, ISSO VEM DESDE A DITADURA MILITAR E VAI CONTINUAR ASSIM POR CENTENAS DE ANOS.POVO MEDIOCRE,GOVERNO MEDIOCRE,ESTA É UMA HARMONIA PERFEITA.

  2. Brigadeiro

    è uma vergonha saber que os representantes da Casa Tavares Bastos,só legislam em “CAUSA PRÓPRIA”,e os funcionários da sefaz e delegados de polícia,nesse estado de desigualdades gritantes temos um desgoverno que acena para a míséria dos outros funcionários,estou “BESTIFICADO”,quando vejo um desgoverno de péssima gestão fraquejar diante de certas atitudes dos representantes do “POVO”.Se é pedir demais ,digo aos meus amigos alagoanos,tomem nota desses representantes que votaram por essa desmoralização de atitude de sse desgoverno para não votarem nas próximas eleições nos mesmos.’ISSO È UMA VERGONHA”!

Comments are closed.