Alagoas arrecada R$ 2,454 bilhões de ICMS em 2012
   3 de janeiro de 2013   │     19:14  │  2

A Secretaria da Fazenda de Alagoas acaba de fechar os números da receita de ICMS em 2012. O volume arrecadado no ano foi de R$ 2,454 bilhões, com crescimento de 8,04% em relação a 2011, quando foram arrecadados R$ 2,271 bilhões.

O crescimento ficou abaixo da estimativa inicial. A expectativa dos técnicos da Sefaz era de um aumento de receita acima de 10%. Mas considerando que o ano passado foi de crise, o secretário Maurício Toledo acredita que  o desempenho foi satisfatório.

– A evolução da receita depende muito do desempenho da economia nacional. A crise provocou uma desaceleração do consumo, afetando a arrecadação  de Alagoas.

Durante o ano passado, o mês que registrou maior arrecadação de ICMS foi dezembro, com R$ 238 milhões. A menor receita mensal foi registrada em setembro, com um volume de R$ 184 milhões. A média mensal da receita com o imposto sobre produto e serviços superou os R$ 200 milhões.

Para 2013 a estimativa de crescimento da receita, feita pelo secretário da Fazenda, é de 8%. “Se a economia nacional crescer os 4% como está sendo anunciado pelo governo federal, devemos repetir o crescimento do ICMS este ano”, avalia.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Zau

    Mesmo com uma crise internacional lá fora, um fraco crescimento do PIB nacional e queda nas exportações do principal produto do estado, Alagoas, com todos os seus problemas, ainda consegue aumentar a arrecadação de impostos. Isso deveria ser motivo de alegria para o governo e para a população que veria mais investimentos em melhorias no estado, mas infelizmente não será isso que vai acontecer.

  2. S.A. DE LIMA

    ENQUANTO ISSO O GOVERNADOR SÓ IMPLANTOU PROCESSOS GANHOS NO TJ -AL PARA SERVIDORES DA SEAGRI POR DETERMINAÇÃO JUDICIAL,APENAS POR VER A SEGESP INVADIDA POR POLICIAIS E DOIS OFICIAIS DE JUSTIÇA.EXISTEM NÍVEL ELEMENTAR NA SEAGRI QUE PASSARAM A GANHAR 4200,00 REAIS E NÍVEL SUPERIOR A MAIS DE CR$ 11.000,00 MENSAIS COM DIREITOS A RETROATIVOS PARCELADOS EM 6 VEZES.MAS EM CONTRPARTIDA OS SERVIDORES DA CARPH QUE PROCURAM A JUSTIÇA TRABALHALISTA DO TRT19 ESTÃO COM SEUS DIREITOS SENDO FRUSTADOS PELO PROPRIO TRIBUNAL 19.EM UMA DAS AUDIENCIAS O PRESIDENTE DA SECÇÃO CHEGOU A DIZER QUE A EMPRESA DEVE MAIS DE 500 MILHÕES NAQUELE TRIBUNAL E NÃO PAGA NUNCA E DEU A MAIOR GARGALHADA,COM ISSO ELE PRÓPRIO SE DESVALORIZOU COMO DCESEMBARGADOR.OUTRO ARGUMENTO DOS JUIZES TRABALHISTAS É QUE O ORÇAMENTO DO TRT É MILIONARIO E SUBENTENDE-SE QUE ESTA CONTA QUEM PAGA SÃO OS TRABALHADORES COM SEUS IMPOSTOS ALTOS A CONTRIBUIR,ELES OS TRABALHADORES OBREIROS NÃO MERECEM UMA GARGALHADA E SIM UM TRIBUNAL MAIS JUSTO E EFICIENTE.

Comments are closed.