Primeiro estaleiro de AL funciona até 15 de junho e vai gerar 2 mil empregos
   13 de janeiro de 2013   │     23:23  │  1

Enquanto a polêmica em torno do Eisa se arrasta desde o final de 2009 e o projeto continua empacado na fase de licenciamento ambiental, o primeiro estaleiro de Alagoas já está praticamente pronto e entra em operação até 15 de junho deste ano.

A administradora do Porto de Maceió, Rosiana Beltrão, confirma que o estaleiro da Tomé Engenharia e Ferrostaal, que está sendo construído numa área do Porto ficará pronto nos próximos meses.

“As obras estão avançadas e ainda neste semestre a indústria entrará em fase operacional”, aponta Rosiana.

O estaleiro do consórcio da Tomé Engenharia e Ferrostaal Industrieanlagen  venceu licitação da Petrobras para construção seis plataformas tipo FPSO (Unidades que serão utilizadas  na exploração do pré-sal). Com o empreendimento, Alagoas receberá mais de R$ 3 bilhões (US$ 1,5 bi) em investimentos.

A expectativa, segundo Rosiana, é gerar mais de 2 mil emprego diretos na primeira fase de operação. Outra boa novidade é que o consórcio decidiu encomendar peãs e equipamentos fabricados em Alagoas pela Jaraguá Equipamentos. “Assim vamos a movimentação de negócios em Alagoas será ainda maior”, aponta.

O estaleiro da Tomé vai funcionar em área de 66 mil m2 arrendada no Porto de Maceió. O Porto também arrendou área de 23 mil m2 para a Jaraguá Naval, outra indústrias do tipo off shore que vai ser instalada no local.

De acordo com Rosiana ainda existem áreas disponíveis no Porto e empresas interessadas em se instalar no local. “Estamos trabalhando. Assim que outro negócio estiver concretizado eu aviso”, aponta.

Mais informações sobre o estaleiro da Tomé você pode ler em posts anteriores neste blog que você pode ler nos links a seguir.

http://wp.me/p2Awck-eF

http://wp.me/p2Awck-nE

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.