Alagoas tem pior resultado da história na geração empregos na Construção Civil
   26 de janeiro de 2013   │     22:06  │  3

Quem te viu, quem te vê.  O setor da Construção Civil foi o que gerou mais empregos em Alagoas entre 2009 e 2011. Em três anos, o saldo positivo somado representou mais  de 18 mil postos de trabalho com carteira assinada.

Em 2012, como o Gazetaweb já mostrou em reportagem publicada neste sábado  (http://gazetaweb.globo.com/noticia.php?c=332636&e=1) Alagoas teve o pior desempenho do Brasil na Geração de Empregos. Em parte, esse resultado é reflexo da desaceleração ou da retração do setor da construção civil no Estado.

Levantamento feito pelo blog no Caged (Cadastro Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego MTE) mostra que o estado fechou 2012 com saldo negativo de -2.198  empregos no setor da construção civil.

A redução na comparação com o estoque de empregos em 2011 foi de -5,36%. Proporcionalmente foi o pior resultado entre todos os setores e segmentos econômicos, no ano passado.

Foi a primeira vez desde 2008 que o setor da construção fechou no vermelho na geração de empregos. Numericamente, a redução foi a maior da história do Caged (antes de 2003 não existem registros disponíveis) e proporcionalmente a terceira pior de toda a história.

Vai piorar

Esse ano o setor da construção deve continuar em desaceleração em Alagoas. As obras públicas perderam fôlego em Alagoas (o governo da presidente Dilma Rousseff está priorizando investimentos voltados para a Copa do Mundo e para o PAC) e o setor privado dá claros sinais de fadiga.

O setor imobiliário reduziu os lançamentos, diminuiu visivelmente o ritmo de construções em todo o Estado, especialmente em Maceió.

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. jose antonio dos santos

    No estado do pior índice da EDUCAÇÃO, R$ 40 milhões foram devolvidos ao Governo Federal por falta de projetos. Será que a maioria dos politicos de Alagoas sabem disso. Fonte: Deputado Federal Paulão na TV MAR.

  2. S.A. DE LIMA

    NÃO EXISTEM EMPREGOS NA CONSTRUÇÃO CÍVIL,AONDE PELO AMOR DE DEUS P POVO VAI ARRANJAR EMPREGOS? O GOVERNO DE ALAGOAS VIVE NO MUNDO DO FAZ DE CONTAS.

Comments are closed.