Não foi por falta de aviso: governo sabia do agravamento da seca e não agiu
   17 de fevereiro de 2013   │     16:21  │  11

O uso (ou a falta dele) de recursos públicos contra a seca finalmente ganhou destaque na imprensa local. Tardiamente, é verdade, mas ainda a tempo de ajudar o sertanejo que continua sofrendo com a seca. 

Em que pese a polêmica política em torno do caso, não faltaram aviso de que os fatos que estão acontecendo hoje e provocam de certa forma desgaste no  governo, aconteceriam.

Neste blog, na coluna Mercado Alagoas e no caderno Gazeta Rural, foram feitos vários alertas sobre a questão.

Pessoalmente conversei com o governador Teotonio Vilela Filho duas vezes sobre a questão da seca. Também estive com alguns dos secretários várias vezes alertando para que o o agravamento da situação no sertão.

Uma das conversas com o governador, em 10 de agosto de 2012, foi transformada em entrevista publicada no Gazeta Rural. Ele anunciou absoluta prioridade e determinou que os recursos  (incluindo os R$ 10 milhões transferidos pelo Ministério da Integração).

Esse dinheiro, como se sabe (eu revelei aqui em primeira mão) ficou “mofando” até a primeira semana deste mês na “gaveta” do comitê da seca e só começou a ser gasto depois da pressão de produtores rurais e prefeitos.

O governador me recebeu para a entrevista em meio a uma reunião com o comitê da seca. Ele determinou prioridade, mas as ações do governo não aconteceram até agora. Por isso disse e repito: o governo deve desculpas ao sertanejo. E o governador deve, no mínimo, punir os culpados desse erro. Do contrário, ele próprio será responsabilizado por conta da omissão.

Cronologia

Separei aqui algumas reportagens de capa do Gazeta Rural, que circula as sextas, na Gazeta (está na internet,para quem quiser conferir) sobre a seca. Foram elas que provocaram, de certa forma, a entrevista com o governador:

04 de maio de 2012 – LEITE EM CRISE: Com a seca, pequenos produtores enfrentam problemas para alimentar o rebanho, sofrem pressão de grandes laticínios de outros Estados e ameaçam debandar do Programa do Leite

25 de maio de 2012 –  SECA AFETA A CANA: Estiagem atrasa desenvolvimento do canavial, e perdas na próxima safra podem chegar até 18%; Asplana faz apelo para que Dilma aprove a subvenção e evite quebradeira entre os produtores de cana

22 de junho de 2012, Sexta-feira – SOCORRO FEDERAL:  Em menos de uma semana, União aprova a subvenção da cana-de-açúcar, edita MP que amplia a renegociação das dívidas rurais no Nordeste e libera crédito emergencial de R$ 1 bilhão para produtores rurais das cidades atingidas pela seca

29 de junho de 2012 – E A SECA, GOVERNADOR?:  A produção de leite caiu mais de 20%, a safra de cana será até 30% menor e o rebanho do Sertão começa a morrer por falta de comida, levando produtores rurais, à beira do desespero, a cobrar ações do governo

06 de julho de 2012 – ESTÁ RUIM E VAI FICAR PIOR: A seca vai se agravar em Alagoas a partir de setembro, avisa Luiz Carlos Molion; safra de cana será pelo menos 10% menor e agricultores e pecuaristas cobram ajuda do governo

27 de julho de 2012: SEM COMIDA E SEM ÁGUA: Pequenos produtores do Sertão de Alagoas estão se desfazendo do rebanho leiteiro para enfrentar efeitos da seca

10 de agosto de 2012 – ÁGUA E COMIDA PARA O SERTANEJO: Em entrevista ao Gazeta Rural, o governador Teotonio Vilela Filho anuncia medidas para atender os produtores rurais e a população sertaneja que sofre com os efeitos da seca na região

A Entrevista

Na entrevista Téo Vilela disse, textualmente: “Agora, a partir de setembro, teremos uma situação mais difícil, o verão vai chegar com os açudes secos ou com pouca água que vai embora logo. A terra está sem nenhuma umidade, então, logo a terra também vai secar, o gado vai ter sede e fome e as pessoas também. Por isso convoquei essa reunião que é para nos prepararmos”.

E mais: “Não faltará água para as pessoas, nem para o gado. Não vai faltar comida. Estamos cuidando aqui para que o gado não morra de fome, não é fácil alimentar cabeças de gado, o boi come muito, mas também come de tudo”.

Se essas foram as ordens do governador, elas não foram cumpridas. E aí, vai ficar assim?

 

COMENTÁRIOS
11

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. ivekhudo

    A ELEIÇÃO DE 2014 VEM POR AÍ. VÁRIOS SÃO OS CORRUPTOS CANDIDATOS. ESQUEÇAM DELES E, PRINCIPALMENTE DO TEOTONIO VILELA, O GOVERNADOR DOS CAPRINOS E BOVINOS.ESQUEÇAM QUE ESSA RAÇA DE GENTE PRECISA SER CONDENADA COM A PERDA DO VOTO (s)..

  2. Amigo do Povo

    Vamos aproveitar e lembrar os campos de concentração patrocinados por este governo, lembram das enchentes ! Quem esqueceu ? E a grana quem comeu ? Não comeu ? Tudo resolveu ?

  3. Paulo Rodrigues

    O pior que para socorrer os agricultores dessa seca terrível ele faz licitação mais para lavar os telhados das escolas o governo Teo manipula a PGE para seus amigos realizarem os reformas na educação.

  4. Amigo do Povo

    Na verdade a campanha começou em Julho passado, quando o Governo nada fez com o dinheiro federal para aliviar a situação do agricultor ( A cana não, esta, foi agilizada e colocada como estatística positiva do governo, claro Governador Usineiro). Voto de desesperado é melhor e mais barato e depois quem sabe se a grana pudesse ser “esquecida” em uma conta inativa, quem sabe ? Agora sem teoria da conspiração, não há explicação que possa justificar a incompetência cometida e o pior, se não foi conspiração (o que não acredito) é que nenhum incompetente foi punido (não se pune a seus pares). Pior ainda é que não tem oposição neste estado, pois a mesma não se manifesta. O PT daqui é o PSDB lulista !

  5. Pierre Le Man

    Vai ficar assim mesmo. É praxe no governo do sr. Téo. Um governo ruim e de uma incompetência sem fim. Ah Edivaldo esse rapaz aí de cima de Santo não tem nada. O recado que ele lhe dá é o recado dos puxa sacos do governador.

  6. Luiz Paulo Sodré

    Meu caro blogueiro,cheguei a comentar em uma de suas últimas matérias,que tinha mudado de foco,e que agora seus artigos tinham endereço certo,pelo comentário acima logo se vê que outros leitores seu,também já perceberam,a campanha,antecipada,desse senhor que me recuso até a citar o nome,usando a credibilidade,que o Sr. conseguiu,para atacar o governo sistematicamente, para beneficia-lo.Realmente o Sr. se mostra muito obediente,mas aos poucos,perderá sua credibilidade,e terá sido em vão,todo o seu sacrifício,e em 2014 pode ter certeza,o Sr. lerá nas manchetes,não do seu jornal é claro,mas na imprensa séria: O dia em que a tartaruga sonolenta,derrotou o macaco esperto. Pois pode crer,o bem, sempre vence o mal.

  7. Jonas Freitas

    É, meu amigo, é sempre assim.Não fui avisado, não sei de nada, não ouvi falar…E, o tempo passando, quando chegar pertinho das eleições…Ah!, agora eu sei de tudo, vamos trabalhar para os “oreia-sêca”, lá do sertão,lá têm votos.É, sempre assim…

  8. Jonas Freitas

    É, meu amigo, é sempre assim.Não fui avisado, não sei de nada,ouvi falar…E o tempo passando, quando chegar pertinho das eleições…Ah!, agora eu de tudo, vamos trabalhar para os “oreia-sêca, lá do sertão,lá têm votos.É, sempre assim…

Comments are closed.