Renan anuncia Conselho de Transparência e corta 25% dos cargos comissionados do Senado
   19 de fevereiro de 2013   │     20:53  │  11

Plenário do Senado

Em discurso no plenário, nesta terça-feira, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou a criação do Conselho de Transparência e Controle Social  – medida que havia sido prometida no discurso de posse, no último dia 1º.

Foi a primeira vez que o senador subiu ao plenário após ser eleito presidente da Casa. “Nenhum poder da República é mais transparente que o Legislativo brasileiro”, afirmou.

O senador disse que trabalhará por um “Parlamento mais enxuto, eficiente e absolutamente transparente” e anunciou cortes de gastos com cargos comissionados.

Renan afirmou ainda que o Portal de Transparência do Senado disponibilizará dados de proventos e pensões de ex-parlamentares, servidores inativos e pensionistas.

Redução de gastos Outras medidas

Renan anunciou uma série de medidas ligadas à “racionalização administrativa” da Casa, a partir de decisão tomada em reunião da Mesa Diretora do Senado na tarde de hoje:

– Mais de 500 funções de chefia e assessoramento serão extintas, representando 25% do total de cargos comissionados e economia de R$ 26 milhões.

– Contratos de prestação de serviço não serão renovados em vários setores, como arquivo e apoio administrativo. Segundo o senador, haverá redução de 20% dos contratos de vigilância

– Extinção do atendimento ambulatorial gratuito para os servidores do Senado. A economia, será de R$ 6 milhões.

– Fusão de três institutos (ILB, o Interlegis e o Unilegis). Na mesma linha, outras secretarias e serviços serão extintos e incorporados por outras unidades de serviço do Senado.

– Os processos administrativos do Prodasen e da gráfica do Senado serão unificados e os cargos comissionados ficarão vagos, com economia de R$ 3 milhões.

– Ampliação da jornada de trabalho, na modalidade corrida, para sete horas, representando 14 horas de funcionamento ininterrupto e um aumento de 50 mil horas úteis de trabalho por mês. As limitações existentes para a realização de serviços extraordinários estão mantidas.

– Criação da Procuradoria da Mulher, inspirada em projeto de lei da senadora Vanessa Graziotin (PCdoB-AM).

-Rodízio na função do diretor de compras do Senado, com mandato máximo de dois anos.

No total as medidas que incluem fusão de três institutos, extinção de secretarias e serviços, simplificação de processos administrativos devem proporcionar uma economia anual de R$ 160 milhões. Em dois anos a economia chegará a R$ 262 milhões.

O pronunciamento de Renan Calheiros teve forte repercussão na mídia nacional. Mais informações nos links a seguir:

http://www12.senado.gov.br/noticias/materias/2013/02/19/medidas-anunciadas-por-renan-devem-gerar-economia-de-r-262-milhoes-em-dois-anos

http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2013/02/19/em-pronunciamento-apos-ser-eleito-presidente-do-senado-renan-anuncia-secretaria-de-transparencia.htm

COMENTÁRIOS
11

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Santos

    Senador Renan, seus próprios colegas, de Senado, com algumas exceções, é claro, vão estar contra o senhor. Mas não desista! Vá em frente porque o país precisa dessas mudanças para assegurar ao legislativo a credibilidade que precisa conquistar entre as instituições públicas brasileiras.

  2. Fornecedor de Cana

    Politicos vejam o massacre que os USINEIROS estão fazendo com a classe de fornecedor de cana, pagam quando querem além de dividir os pagamentos em varios meses, passam meses sem repassar o pagamento, que politica de preços e pagamentos são essas? Aproveitando para solicitar ao Edivaldo Junior para fazer uma reportagem a respeito desse tema.

  3. carlos

    A manifestação contra Renan foi um verdadeiro tiro no pé. Essa ONG fajuta já deu inúmeras demonstrações de que não tem qualquer credibilidade. Nem mesmo o estardalhaço provocado por ela com o apoio da imprensa desocupada no nosso Brasil ajudou a surtir o efeito esperado. Renan continuará na presidência do Senado.

  4. M Silva

    Kkkkk, ainda tinha dúvida, se havia alguém que acreditasse em papai noel, saci perere, curupira, mula sem cabeça, etc., agora não tenho mais. Tem alagoano demais acreditando em superstição e estória da carrochinha. No mínimo, esses que acreditam nas medidas tomadas pelo senador, irão permanecer com seus cargos comissionados. Interessante, por que tomar essas medidas agora, se tão importantes para um legislativo transparente, elas deviam ter sido adotadas a bem mais tempo.

  5. Albanis

    “Os brasileiros são mesmos idiotas” : isso deve ser o que o senador Renan pensa. Trata-se apenas de uma manobra para tentar mudar os ventos a seu favor. Paciencia, ne?

  6. Alagoano Atento

    Parabéns ao senador Renan por ter adotado uma atitude correta e em acordo com as mudanças que a sociedade cobra.

Comments are closed.