Dilma chega com Renan e Collor e divide palanque com todas as correntes
   12 de março de 2013   │     7:17  │  8

A visita de Dilma Rousseff, hoje, a Alagoas será ao estilo do “professor Raimundo”. É vapt-vupt. A presidente desembarca em Paulo Afonso, BA, às 9h50, pega um helicóptero, sobrevoa o Canal do Sertão e às 11h participa da solenidade de inauguração. Em seguida, às 13h, volta para Brasília.

Quem desembarca no avião presidencial ao lado de Dilma, além de ministros – incluindo Fernando Bezerra, da Integração – é o presidente do Senado, Renan Calheiros, e o senador Fernando Collor.

Eles serão recebidos no aeroporto pelos governadores Jacques Wagner, da Bahia, e Teotonio Vilela Filho, de Alagoas, no aeroporto de Paulo Afonso. O deputado Maurício Quintella, também fará a recepção, representando a Câmara Federal.

O palanque montado ao lado do canteiro de obras, no km 45 do canal do sertão (no povoado Alto dos Coelhos, em Água Branca) vai ficar pequeno. A bancada federal,  com seus 9 deputados e 3 senadores, além de deputados estaduais, prefeitos e vereadores vão subir junto com a presidente . O cerimonial vai dar um jeito de acomodar todas as correntes políticas no mesmo espaço.

Renan também deve ser escalado para falar na solenidade. Será uma fala rápida onde o senador vai falar da seca e da esperança que o canal representa para o sertanejo.

O dia seguinte

O canal,como se sabe, está sendo inaugurado emergencialmente. É a típica operação de colocar os carros na frente dos bois. Serão inaugurados 65km dos 250km da obra. Menos de 30%. A pressa, segundo o governo do estado, se dá em função da seca que castiga a região. A água do canal, embora faltem obras e projetos complementares, ajudará a minimizar os efeitos da estiagem.

Amanhã será outro dia. A chuva que não chega e os problemas provocados pela estiagem se agravam. Um dos desafios para o governo do estado será cumprir promessas feitas por Téo Vilela aos produtores do sertão. O farelo de milho e soja atendeu, até agora, menos 30% dos agricultores familiares da região. Para quem recebeu o farelo, alívio. Para os outros, desespero.

O problema deve ser resolvido logo, acredita o secretário executivo do Comitê de Combate a Seca, Napoleão Casado. “É um problema de logística. Nos próximos 15 dias deveremos estar com tudo resolvido”, afirma.

Tomara que sim, Napoleão, tomara que sim.

As outras ações prometidas para socorrer os produtores do sertão continuam emperradas. É o caso do bagaço de cana-de-açúcar. Até agora, passados 8 meses só foram entregues 1,8 mil  das 6,6 mil toneladas prometidas.

COMENTÁRIOS
8

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Marcelo

    É verdade já se passaram mais de 20 anos e o buraco estava aberto passaram varios governo e o buraco aberto, agora chega os excelentissimo senadores que algums foram governo e nunca fizeram nada. Agora pronto os 65 km de canal todos mandaram dinheiro, pelo que sei essa é uma obra do pac e execultada pelo governo teo vilela outros passaram e não fizeram.

  2. Lins

    Com o apoio do então presidente Lula e nos últimos dois anos da presidente Dilma, Renan é um dos representantes da bancada federal de Alagoas que mais tem se empenhado para conseguir recursos e garantir a continuidade do Canal do Sertão. Em 2008, o senador levou o ex-presidente e o ex-ministro Gedel Vieira Lima para visitar a obra e conseguiu sua inclusão no PAC.

  3. Eucene Tenório

    O governador Teotonio Vilela, mesmo estando hoje em palanque oposto ao do Renan, não se canse de citar o nome do senador peemedebista, presidente do Senado, como um dos maiores responsáveis pela construção da obra. “O Canal do Sertão tem a cara do Renan”, comparou recentemente o governador tucano.

  4. Luciana

    Obrigado Senador Renan! sei que sempre se empenhou ao lado do Presidente Lula e da Presidenta Dilma para viabilizar os recursos para o canal do Sertão e Tenho certeza que vai continuar se empenhando para agilizar o mais rápido possível a sua conclusão!

  5. Clara

    Tenho acompanhado o sofrimento do sertanejo em geral pela falta de água! E gostaria de agradecer ao Senador Renan Calheiros pela contribuição indispensável para que essa obra acontecesse .
    Agora como Presidente do Senado vai fazer ainda mais tenho certeza!

  6. GRAÇA PEREIRA

    Essa obra não passaria de um buraco escavado na terra seca do sertão se não fosse a visão do senador Renan Calheiros, que trabalhou para viabilizar o projeto, conseguindo a realização de estudos técnicos e recursos para sua retomada.

  7. Patativa do sertão

    Obrigado senador Renan , pelo grande trabalho que o senhor vem realizando em nosso estado que sofre com essa estiagem, essa inauguração vai beneficiar grande parte dos sertanejos que sofre com essa seca.

Comments are closed.