A “emenda da igualdade” ou a reinvenção de Renan Calheiros
   3 de abril de 2013   │     11:39  │  4

Um alagoano falando em rede nacional de rádio e TV para comunicar à nação uma grande conquista: a promulgação da PEC das Domésticas, agora rebatizada de emenda da igualdade.

A imprensa de todo o país acompanhou com interesse diferenciado o dia de Renan Calheiros, ontem, marcado pela promulgação da emenda que iguala os direitos dos empregados domésticos aos de outros trabalhadores, uma lei que transforma a partir de hoje 7 milhões de pessoas em cidadãos de primeira categoria, com FGTS, 13º,fériasremuneradas, vale transporte e hora extra.

Nem todos aprovaram essas conquistas. Tem gente falando que vai provocar desemprego. Tem gente dizendo que não tem como pagar. Bobagem. O aumento de despesas é tão pequeno que só  terá dificuldade em cumprir as novas medidas maus patrões, que não assinavam a carteira de seus trabalhadores.

Mas vai aí uma boa notícia: o cumprimento da lei também protege o empregador de uma boa dor e cabeça no futuro, como vinha ocorrendo com muitas pessoas, na Justiça do Trabalho.

Um político reinventado?

Toda a imprensa ontem falou de Renan. E, surpreendentemente, de bem. Chamou a atenção o título do site Brasil247: A Reinvenção de Renan Calheiros

“Em rede nacional de TV, o presidente do Senado celebra a ‘Lei da Igualdade’ e assume a paternidade da PEC das Domésticas, promulgada minutos antes diante de representantes das trabalhadoras domésticas; nesta terça, ele também esteve ao lado da presidente Dilma, no Ceará, no anúncio de medidas contra a seca; há dois meses no comando do Senado, ele já promoveu diversas medidas de contenção de custos; aos poucos, político alagoano reconstrói sua imagem após o massacre do movimento “Fora, Renan”

Em outras palavras o site destacou a diferença entre o senador que chegou sob protestos á presidência do Congresso e agora, dois meses depois, consegue reverter o quadro a ponto de ser convidado para a reunião de governadores, realizada no Ceará, pela presidente Dilma Rousseff.

A notícia completa você pode ver no link a seguir: http://migre.me/dXQYs

Pagando o preço 


Em rede nacional de rádio e TV Renan Calheiros fez história.  A “Emenda da Igualdade”, como ele definiu, ontem, vira uma página na república: 7 milhões  de brasileiros, como todos nós, que estavam excluídos, agora terão os mesmos direitos e as mesmas oportunidades.

Há um preço a se pagar? Sim. Mas é preciso pagar esse preço para continuar avançando.

A notícia sobre o pronunciamento de Renan Calheiros você pode ler no link a seguir:

http://migre.me/dXR9B

 

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. gorette lima

    todos nós somos humanos e iguais perante a lei. A partir de hoje 7 milhões de brasileiros vão ter os mesmos direitos. Chega de escravidão. Muito correto senador Renan Calheiros.Aplausos para as Domesticas.

  2. Militar

    “Emenda da Igualdade”, como definiu Renan ontem, é um grande marco na nossa história: milhões de brasileiros trabalhadores como todos nós, que estavam excluídos, agora terão os mesmos direitos e as mesmas oportunidade. Calheiros está certíssimo, como todos que apoiaram a favor do PAC.

  3. Tenorio

    O Senador Renan com apoio da presidenta Dilma promoveu a igualdade de milhões de brasileiros.Calheiros mostrou ser um político comprometido com a igualdade da classe domestica, que tem o mesmo direito das demais.

  4. Santos

    Santos 3.04.2013 às 09:52
    Eu estava desacreditando de tudo que é de político por esse Brasil afora, mas tiro o chapéu para esse senador alagoano, por sua coragem de fazer abertamente, com toda simplicidade, a defesa do projeto das domésticas. Eu sempre tive uma paixão enorme pelos menos favorecidos e estou com o presidente do Senado na luta pela igualdade dessas bravas e bravos trabalhadores de quem nós tanto dependemos. Parabéns a todos os parlamentares que votaram a favor da PEC.

Comments are closed.