Com reajuste de 5,8% folha do estado vai aumentar para R$ 214 milhões
   4 de abril de 2013   │     21:51  │  1

O governo já avisou que vai dar o reajuste aos servidores de 5,83%, a partir de maio deste ano. A variação corresponde ao IPCA dos últimos 12 meses.

Se o governador não ceder com aumentos extras para nenhuma categoria, já é possível calcular o impacto deste reajuste na folha de pagamento dos servidores estaduais ativos e inativos.

O secretário de Gestão, Alexandre Lages, acredita que o impacto será de R$ 12 a R$ 13 milhões por mês.Com o reajuste, a folha que hoje está em cerca de R$ 202 milhões vai para R$ 214 milhões ou R$ 215 milhões.

Este ano impacto é menor do que o anunciado para 2012, quando o reajuste foi de 6,5%.No ano passado a folha  mensal passou de R$ 179 milhões para R$ 194 milhões, com impacto de R$ 15,7 milhões mensais e R$ 145 milhões anuais.

De acordo com Lages, o reajuste beneficiará 68 mil servidores públicos ativos e inativos do Poder Executivo. “O governador cumpre a promessa de implantar o reajuste linear anual, conforme ficou estabelecido na proposta de uma política salarial para seus servidores”, explica.

Lages descarta reajuste maior: “a arrecadação está crescendo menos do que o esperado e em alguns períodos até caindo. Estamos no limite da LRF. Não dá para ultrapassar o percentual do IPCA”, enfatiza.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Observador

    A LRF só se aplica para o executivo. Os outros poderes não têm esse problema porque o governo repassa um valor muito maior do duodécimo pré-estabelecido como forma de “acalmar” seus componentes.

Comments are closed.