Cada preso custa R$ 40 mil por ano à União: Porque não privatizar?
   5 de abril de 2013   │     14:33  │  6

O governo federal paga três vezes mais para manter um reeducando na cadeia do que um aluno na universidade. Nessa matemática do crime, o pior é que só 30% dos presos são recuperados.  Os outros 70% voltam a reincidir.

Caro e ineficiente, o sistema penitenciário brasileiro foi transformado numa espécie de curso de pós-graduação de bandidos. Eles saem de lá mais organizados e mais violentos.

Uma das alternativas – já testadas com eficiência -, a privatização do sistema é defendia pelo presidente do Congresso Nacional, presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Existem outras alternativas.

O deputado federal Givaldo Carimbão (PSC-AL) acredita que saída é a prevenção, especialmente para os usuários de crack.

“No sistema prisional do estado, um preso custa R$ 2,5 mil por mês. O pior é que 80% dos presos são ligados a droga. As vezes é um usuário que furta ou rouba para manter o vício,vai para a cadeia e sai de lá pior”, avalia.

O que ele defende? Penas alternativas e comunidades terapêuticas: “um preso sai por R$ 30 mil no ano, enquanto para manter uma comunidade o gasto é três vezes menor, mas com uma índice de recuperação maior”.

Porque privatizar

Ex-ministro da Justiça, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), defendeu esta semana a privatização do sistema prisional brasileiro, durante a instalação da comissão de juristas que irá realizar estudos para elaboração de um anteprojeto de atualização da Lei de Execução Penal – Lei 7.210, conhecida como LEP.

De acordo com o senador, o sistema carcerário do país necessita de profundas alterações, “de modo a torná-lo eficiente e reduzir os custos com os presídios e também os custos sociais”. Renan disse ainda que a solução mais adequada é o sistema de privatização por meio das Parcerias Público Privadas adotado em Ribeirão das Neves, Minas Gerais.

Renan Calheiros defendeu a necessidade de buscar formas de evitar a reincidência, o que comprova a falta de métodos readaptativos do encarcerado. “De cada dez pessoas que saem da prisão após o cumprimento da pena, sete retornam, configurando um inadmissível índice de reincidência, a ser inibido com a máxima urgência”.

Para funcionar bem, defende Renan Calheiros, o sistema prisional deve ser transparente e equilibrado nas suas ações, oferecendo condições efetivas para que a pena cumpra o seu papel de controle, punição, repressão, prevenção e reintegração social.

A notícia completa você pode ler no link a seguir: http://www.senado.gov.br/senado/presidencia/detalha_noticia.asp?data=04/04/2013&codigo=114059&tipo=12

COMENTÁRIOS
6

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Juversino rosa

    bilhões e bilhões arrecadados com multa ipva e seguro obrigatório para onde vai isso para as estradas e que não pois estão horríveis bilhões e bilhões arrecadados com impostos pra onde vai pra saúde não pois é horrível o sistema de saúde pública, pra educação não esta horrível também para projetos sociais também não o dinheiro das loterias não seria para projetos sociais pra onde vai todo esse dinheiro quando falta recurso é ai que se mostra o grande administrador que é capaz de, realizar grandes coisas com o pouco mas no Brasil recursos tem de sobra falta mesmo é vergonha na cara, e querer privatizar só mostra o descaso com o dinheiro publico (ma administração é o nome da doença brasileira e isso não se resolve desmantelando o Estado.

  2. vandeilton

    Os nossos governantes querem reduzir custos, privatizando tudo. Porque não renunciar por incompetência? Então privatizando tudo qual seria o papel do governo com gestor publico? Só sangrar e desviar os recursos?

  3. Militar

    Com certeza Calheiros reduzirá os custos mais uma vez como também vai privatizar os presídios brasileiros .

  4. patativa do sertão

    Senador Renan que já está cortando gasto no congresso, deverá juntos com os seus pares e a presidenta Dilma , elaborar uma solução para que o governo privatize esses setores.

  5. lula nascimento

    Como o senador e um homem sério, a privatização deve ficar em uns R$ 5.000 mil por presidiário!

Comments are closed.