PMDB terá candidato ao governo de Alagoas em 2014
   10 de abril de 2013   │     20:51  │  10

Maior partido de Alagoas, o PMDB já fechou questão para 2014: terá candidato ao governo. Só não definiu – nem vai definir antes do próximo ano – o nome que vai apresentar ao eleitorado.

A decisão, que já havia sido anunciada logo após as eleições do ano passado, tem sido confirmada por discretas movimentações.

O partido tem nomes que podem entrar na disputa. É o caso do deputado federal Renan Filho e do ex-prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa. Os dois, no entanto, trabalham desde já para disputar um mandato de deputado federal. Assim como Max Beltrão, ex-prefeito de Coruripe, são fortes candidatos a uma vaga na Câmara Federal.

O nome mais forte do partido para a disputa seria o do senador Renan Calheiros, presidente do Congresso Nacional. Ele próprio está incumbido de articular nacionalmente o lançamento do maior número possível de candidatos majoritários do PMDB nas eleições do ano que vem.

A regra do PMDB será lançar candidatos ao governo nos estados onde for possível a vitória. É o caso por, exemplo, do Ceará, onde o Renan Calheiros lançou essa semana o nome de Eunício Oliveira, líder do partido no Senado.

O presidente do senado Renan Calheiros (PMDB/AL) disse que o estado do Ceará é prioridade na estratégia nacional de seu partido para as eleições de 2014. Ele apontou Eunício Oliveira como candidato para o governo do Estado, ainda que o próprio senador evite falar sobre o assunto.

“O PMDB está trabalhando com a necessidade de escalar candidatos competitivos em todos os estados. Um dos locais onde disputaremos com mais condições é, sem dúvida, o Ceará e Eunício é o líder do PMDB no senado. Ele tem virtudes, é companheiro, tem espírito público e, por isso, será um grande governador”, disse Calheiros em entrevista a um jornal local.

Eunício, no entanto, segue a regra e evita falar sobre o assunto. Ele diz que seria “descortês” com o governador Cid Gomes, seu aliado político nas eleições de 2010.

Em Alagoas Renan Calheiros terá a missão de, em não sendo candidato, apontar um nome competitivo, capaz de reunir a base aliada da presidente Dilma Rousseff e vencer as eleições. Alguém aí tem um palpite?

COMENTÁRIOS
10

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Erone de inhapi al

    para o gov: em 2014 O Senador renan Calheiros nós não podemos deixa-lo de fora ,porque ele trabalha muito a favor da população de al , é um grande lutador pelo ,o nosso Estado de AL, e pelo o Brasil,é só você ve as participações dele em AL

  2. S.F.LIMA

    POIS BEM MINHA GENTE SE MISS PARIPUEIRA FOSSE VIVA HOJE SERIA ELEITA GOVERNADORA DE ALAGOAS .COM CERTEZA FARIA UM EXCELENTE GOVERNO,POIS ATÉ O DESGOVERNO VILLELA VOTARIA NELA.

  3. Lucio

    O próximo governador de Alagoas chama-se Cícero Almeida! O estado precisa passar pela transformação que ele promoveu na prefeitura de Maceió! Imbativel nas urnas!!!

  4. FRACO DEMAIS

    esse politico chamado renan calheiros, nasceu para cargo legislativo; para uma função executiva, ele anda poucos metros e ele próprio, tem exemplos disso; foi candidato a prefeito e, perdeu. ao governo, perdeu feio para o geraldo bulhões, um politico mais morto que vivo. mas dificil de ser derrotado. nesta campanha, fiz parte do comite dele; no último dia de capanha ele nos pagou com cheques sem fundos oriundos do BANESE. pensem em burrachudos. o meu rasgou na carteira. depois dessa, perdi a fé no renan. trabalhei como jornalista, coisa ue fui porum bom tempo; se sómente ele fossse candidato ainda estaria ameaçado. fraco demais.

  5. Fernando

    Prezado Lucas,
    Isso não aconteceria nem no maior sonho de um correliogionário do DEM. Nono não é candidato a ganhar nem aqui nem na coreia do norte, já o Renanzinho é o candidato natural, com o pai presidente do Senado e com um carisma e trabalho invejável, é o candidato ao governo sem adversários a altura.

  6. Lucas

    O senador pode fazer uma aliança indicando Renan Filho como vice de Nonô que é um bom nome e seria um bom governador, em apenas 4 anos Renanzinho vira candidato natural e o pai ainda é novo, tem muito tempo ainda pra governar o estado, melhor ficar em BSB.

Comments are closed.