Governador fez cirurgia de catarata em São Paulo e já teve alta
   15 de abril de 2013   │     21:20  │  4

Pelo Twitter oficial o governador Teotonio Vilela Filho confirmou no final da manhã a informação antecipada por este blog no final de semana: “Bom dia. Daqui a pouco vou me submeter a uma cirurgia de catarata. Procedimento simples, rápido, feito a laser.Terei alta médica hoje mesmo”.

O procedimento, feito em São Paulo, transcorreu, segundo a assessoria do governador, dentro do esperado. Ele já teve alta e deve voltar a trabalhar na próxima quarta-feira, quando cumpre agenda em Brasília

Essa foi a terceira cirurgia realizada por Téo Vilela desde que é governador. A primeira foi para operar a mão (osso do carpo,) ainda no primeiro governo, a segunda, em 2011, mais complexa e com maior risco foi de diverticulite.

Em novembro do ano passado, o governador suspendem a agenda e tirou uma semana de licença por conta de uma arritmia cardíaca, tratada em Alagoas pelo cardiologista José Wanderley, que já foi vice-governador.

Doença atinge 500 mil brasileiros por ano

Doença reversível, a catarata é a principal causa de cegueira no Brasil e no mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 48% das pessoas que deixam de enxergar são portadoras de catarata. No Brasil, quase a metade dos cidadãos que precisa de tratamento para esse problema não o encontra no Sistema Único de Saúde, segundo informações dos órgãos de saúde.

A catarata é a opacificação do cristalino – estrutura que fica dentro do olho humano e funciona como uma lente que ajuda a focalização das imagens. Essa lente natural contém uma mistura de líquidos e proteínas que permitem a passagem da luz, e o ajuste do foco é feito por meio de modificações na sua forma, comandadas por músculos de dentro do olho.

Com o envelhecimento, e pela ação de fatores externos, as proteínas dentro do cristalino começam a formar grumos (grãos minúsculos), o que impede a passagem da luz, comprometendo a capacidade visual dos indivíduos. O tratamento, inicialmente, pode ser feito com lentes corretivas, porém a solução é cirúrgica. A retirada do cristalino que deixou de ser transparente e a colocação de uma lente dentro do olho consegue reparar a visão, muitas vezes de forma total.

 

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. marcelo peixoto

    Porque o Governador não fez essa cirurgia aqui mesmo em nosso estado, prestigiando os nossos oftalmologistas?

  2. fred

    Espero que ele tenha uma boa recuperação, e que diagora por diante ele alem de enxegar diretio consiga resolver os problemas de nosso estado

Comments are closed.