Nonô sobre sucessão: “deixe Biu se mexer, que eu continuo quieto”
   16 de abril de 2013   │     20:12  │  2

Nos últimos dias o senador Benedito de Lira, PP-AL passou a intensificar ações para tentar consolidar uma candidatura ao governo, como o apoio do Palácio dos Palmares.

O que podia se esperar, assim como aconteceu dom Dilma Rousseff (PT), é que os outros candidatos também se mexessem, como estão fazendo Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB).

Nada, até agora. Nenhum dos outros candidatos dá sinais de mudança de posição em função da iniciativa de Biu de Lira

O vice-governador mantém sua estratégia de esperar pela decisão do governador Teotonio Vilela Filho: “se ele sai é uma coisa, se ele não sai é outra”, costuma repetir.

Nas entrelinhas, José Thomaz Nonô deixa claro que será candidato ao governo se Téo Vilela se afastar para disputar o Senado. Sua condição, “com a caneta na mão”, muda de coadjuvante para protagonista.

Quanto a movimentação do senador pepista, Nonô reage com tranquilidade: “deixe o Biu se mexer. Ele é senador e tem todo o direito de fazer o que quiser. Eu continuou quieto”, adianta.

O deputado federal Alexandre Toledo, PSDB-AL, apontado por alguns como pré-candidato ao governo, evita até falar sobre o assunto. Sua prioridade, por enquanto, é o mandato na Câmara Federal. “Estou muito preocupado com a seca e seus efeitos e quero encontrar soluções para o estado”, diz.

Toledo também não confirma se mudará de partido, na “janela” que poderá ser aberta com a fusão do PPS-PMN. “Como não há nada definido, ainda não avaliei o quadro. Vamos esperar”, aponta.

Nonô quer participar de debate na ALE sobre Fecoep

Hoje, como vice, Nonô cumpre com as tarefas que lhe foram dadas pelo governador: a gestão do Fecoep, a presidência do Cepram e a coordenação do Programa da Reconstrução.

Como gosta de tudo bem explicado ele se ofereceu para ir na próxima terça-feira participar de reunião com os deputados estaduais na Assembleia Legislativa e falar do Fecoep e do Programa da Reconstrução. “Algumas dúvidas foram levantadas e eu faço questão de esclarecê-las aos deputados. Vou aproveitar para matar minhas saudades dos tempos de parlamento”, adianta.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Antonio

    Peraí, se esses são os nossos dois candidatos, então estamos perdidos: um é o rei da mutretagem ( Biu mutreta) e o outro é um nada ( Nonada)…

Comments are closed.