MD nasce forte em AL e já sonha com chapa puro sangue em 2014
   20 de abril de 2013   │     14:56  │  0

Nascido da fusão do PPS com PMN, o partido “Mobilização Democrática” começa forte nacionalmente e promete se transformar numa das maiores forças da política de Alagoas.

No estado o novo partido começa com dois deputados estaduais, um deputado federal, três prefeitos e 106 vereadores. Nas próximas semanas MD deve ganhar o reforço de mais um federal (Será Rosinha da Adefal? Será Alexandre Toledo?) e alguns deputados estaduais.

Nesse cenário, o partido já sonha com candidatos em chapa puro sangue, de cabo a rabo, em 2014. “É uma forte possibilidade”, aponta o deputado Federal Francisco Tenório, MD/AL,  ex-PMN.

Claro que é muito cedo para qualquer suposição, mas Régis Cavalcante, que era presidente do PPS em Alagoas, diz que o MD está sendo procurado por muitos políticos com mandato: “tem alguns políticos que estão decepcionados com a atuação de suas legendas no cenário nacional e vão vir para cá”, aponta.

A janela de 30 dias, que será aberta pelo MD após registro no TSE, permitirá a filiação de políticos sem risco de perda de mandato por infidelidade partidária.

No plano nacional, o MD fará oposição a presidente Dilma Rousseff e deve marchar ao lado do governador Eduardo Campos (PSB), de Pernambuco.

No plano local, Tenório defende que o MD seja independente, embora o fizesse parte do governo de Téo Vilela.