Deputado vai intensificar fiscalização de gastos do Fecoep
   8 de maio de 2013   │     20:08  │  1

O Fundo de Combate a Pobreza de Alagoas deveria tirar dos ricos para dar aos pobres, algo no estilo Robin Hood. Ele é formado pela cobrança extra de 2% de imposto sobre produtos considerados supérfluos. O problema é que na lista estão a gasolina, o etanol e até produtos cosméticos, essenciais para o dia a dia de quem vive nas cidades.

A cada ano, a recieta cresce. Desde 2007, como informou, ontem durante sessão na ALE o vice-governador Thomaz Nonô, o Fecoep já arrecadou R$ 257 milhões. É um volume considerável de recursos.

“Queremos saber onde esse dinheiro está sendo aplicado, em quais projetos os recursos estão sendo aplicados”, avisa Ronaldo Medeiros.

Mais do que isso, o deputado estadual do PT quer saber se o resultado dos programas e dos projetos onde os recursos do Fecoep estão sendo aplicados: “O Nonô apresentou muitos números, apresentou vários relatórios, mas não deu para ter certeza de que os recursos estão sendo bem aplicados, por isso eu vou acompanhar de perto a execução do Fecoep”, promete Medeiros.

O deputado vai destacar uma pessoa de sua assessoria exclusivamente para acompanhar mês a mês todos os projetos do Fecoep: “quero ver o resultado e vou cobrar eficiência”, avisa.

O que diz Nonô

O portal Gazetaweb acompanhou a prestação de contas de Nonô na Assembleia. Reproduzo a seguir as informações sobre o Fecoep: “Segundo o vice-governador, já foram arrecadados, entre 2007 (ano de criação do fundo estadual) e março de 2013, R$ 257 milhões. Na oportunidade, Nonô discorreu sobre de que forma o montante seria distribuído para as secretarias, conforme projeto a ser apresentado por cada pasta – 42 inciativas já teriam sido financiadas pelo Fecoep. De acordo com ele, a secretaria que mais recebeu valores do fundo de combate à pobreza foi a de Agricultura, totalizando R$ 9 milhões, no período citado, para a execução do programa “Alagoas Mais Leite’, que busca assistir criadores no interior do Estado”.

O texto completo você pode conferir no link a segir: http://gazetaweb.globo.com/noticia.php?c=340106&e=2

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. PêCê

    DIGAMOS QUE SEJA O ROBIN HOOD ÀS AVESSAS…
    AQUI, É TIRANDO DOS POBRES E DANDO AOS CADA VEZ MAIS RICOS. (POLITICAMENTE) FALANDO, NÉ…

Comments are closed.