Recuperação após cirurgia é complicada e Téo Vilela atrasa agenda
   10 de maio de 2013   │     19:36  │  1

O governador Teotonio Vilela Filho enfrenta um complicado processo de recuperação da cirurgia que realizou no  último dia em São , para a retirada de um cisto no menisco do joelho direito.

Téo Vilela reassumiu na última segunda-feira, mas não conseguiu cumprir durante toda essa semana a sua agenda normal de trabalho.

De acordo com um assessor, o joelho do governador inchou e ele está se submetendo a seções diárias de fisioterapia.

Durante esses  dias o governador tem recorrido a ajuda de bengalas ou muletas para andar. Por recomendação dos médicos, Téo Vilela deve evitar esforços e viagens até a próxima semana. “Do contrário, ele pode ser forçado a realizar uma nova cirurgia para tirar água do joelho, uma complicação possível de acontecer se ele não tiver o repouso recomendado”, explica um dos assessores mais próximos do governador.

Compromissos adiados

Por conta dessas complicações, o governador não apenas adiou compromissos fora do Palácio dos Palmares, mas resumiu sua agenda a despachos do os secretários mais próximos.

A reforma do secretariado, incluindo a conversa do suplente de deputado federal João Caldas, foi adiada. O governo também adiou algumas decisões.

A expectativa é que a partir da próxima segunda o governador aumente o ritmo de trabalho, retomando a realização audiências públicas.

As cirurgias

A cirurgia para retirada do menisco, feita em São Paulo, transcorreu normalmente, como informou o próprio governador no tiwtter: “O procedimento cirúrgico ao qual me submeti, ontem, para a retirada de um cisto no menisco, foi exitoso. Estou me recuperando bem”.

Esse ano o governador já havia realizado cirurgia de catarata em um olho, mesmo procedimento que será realizado no outro olho nos próximos dias. Durante o governo, Téo Vilela já fez quatro cirurgias. A primeira foi para operar a mão (osso do carpo) ainda no primeiro governo. A segunda, em 2011, mais complexa e com maior risco foi de diverticulite, a terceira de catarata  e, a última foi para operar o joelho.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. esse nunca correu

    novidade é esse rapaz andar correndo. o conheço de muito tempo e sempre o ví devagar, quse parando. era assim, na época em que seu pai, o finado teotonio, arrendou a tribuna. quando o salário do pessoal estava atrasado, o coroa o chamada, pedindo para ele ir ao banco, vizinho da empresa e ele respondia; “VOU NADA, CHAME O RICARDO”, se não me enganno, seu cunhado. sempre foi assim. a tara dele é andar de moto, mais nada. no governo, segue a famosa trilha. um cara quee não gosta de ser ativo. pense num preguiçoso.

Comments are closed.