O PMDB já tem nome para disputar o governo de Alagoas
   12 de maio de 2013   │     16:14  │  13

Nas últimas semanas a imprensa alagoana especulou várias composições possíveis para a disputa do governo de Alagoas em 2014.

Alguns nomes mais jovens apareciam sempre com insistência. É o caso do deputado federal Renan Filho do PMDB ou do deputado estadual Joãozinho Pereira, do PSDB. Eles formariam uma chapa para unir Renan Calheiros, Biu de Lira e Téo Vilela.

Desde o início achei improvável. E era.

Com a movimentação dos caciques da política alagoana, nas últimas semanas, cada partido sinaliza quem poderá apresentar como candidato ao governo, eliminando desde já muitas especulações. O PP vai de Benedito de Lira e o DEM (se Téo Vilela for candidato ao Senado) vai de Nonô. Até aí, nenhuma novidade.

Mas esta semana novos nomes foram definidos. O PSB (se Campos for candidato a presidência) marchará com Alexandre Toledo, que já definiu a filiação ao novo partido para a primeira quinzena de junho.

Já o PMDB sinalizou claramente que só tem um nome para disputa: é Renan Calheiros ou Renan Calheiros.

Demonstração de força

A palestra do senador, sexta-feira, num seminário da AMA em Santana do Ipanema, foi precedida de uma forte mobilização dos seus amigos. O objetivo era dar uma demonstração de força política.

Quem foi ao evento (falo principalmente dos prefeitos) não está necessariamente comprometido com um projeto de Renan Calheiros a governo. Mas já dá para saber com quem ele não poderá contar – desde já.

E lá estiveram 89 prefeitos, que deixaram seus nomes registrados. Apenas 13 prefeitos não participaram do seminário. Dos que não foram pelo menos 4 ou 5 ficariam neutros numa eventual candidatura de Renan Calheiros. O restante iria para o palanque de outro candidato.

Claro que tudo vai depender do arco de alianças partidárias. A tendência, em Renan sendo candidato, seria a formação de um chapão, que deixaria de fora basicamente PSB, PP, PSDB e DEM. Ainda assim muitos prefeitos dessas legendas votariam em Renan, que se for candidato vai para a disputa com o apoio de 70 a 90 prefeitos.

Falta combinar com o povo

Força política Renan Calheiros já demonstrou que tem. Agora, a maior preocupação do presidente do Senado será a de acompanhar as pesquisas eleitorais.

Se o seu nome tiver uma boa aprovação popular, com baixo índice de rejeição, a candidatura ao governo vai ficar dependendo apenas de sua própria vontade.

Ele terá de se decidir entre a presidência do Congresso Nacional e o Palácio dos Palmares.

Mas essa, com certeza, é uma decisão que ele realmente só vai tomar em 2014.

COMENTÁRIOS
13

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Antonio Henrique

    Bem nem um nem outro,devo esclarecer que o melhor candidato é quem trás recurso pro estado,quem tem mas prestigio e conhecimento e quem tem o apoio da presidenta Dilma,e que pode trazer recursos pro estado de alagoas só pode ser o Senador Renan Calheiros o Bem mas preparado.

  2. orgulho alagoano

    Renan com certeza nao será governador. Ele tem medo de biu e se treme quando ver o collor.

  3. Isaac

    O senador Renan Calheiros está mostrando como se administra, cortando gastos, doando equipamentos para o SUS e fazendo o congresso andar novamente, com certeza é o melhor político de Alagoas.

  4. Vitor Andolini

    Alagoas já tem nome para governador caro jornalista Edivaldo Junior, o mais preparado Renan Calheiros

  5. palmeirense dm

    Não tenho dúvidas Renan no governo, alagoas terá mais recursos, terá mais empregos, e vai tirar alagoas desse atoleiro que o Téo balela colocou, o estado já perdeu a guerra para violência já faz até propaganda acendendo velas para as famílias que perderam seus filhos.

  6. Carlos

    Renan é o melhor nome para governar Alagoas. Ele reune todas as caracteristicas para um bom governador, tem trânsito livre no governo federal, tem sensibilidade para entender e atender as principais demandas do nosso Estado, como falta de segurança, educação e saúde deficitárias.

  7. Artur Marinho

    Eu ainda aguardo por surpresas na candidatura do PMDB ao governo do estado, temos muito tempo pela frente e o partido tem outros nomes, mas claro que Renan é o maior deles. Mas ele, Renan, tem um papel importante, fundamental em Brasilia e isso deve ser levado em consideração.

  8. Rafael Albuquerque

    O seminário foi perfeito, o que se viu foi a preocupação com o intuito de se avaliar a situação porque passa os municípios de Alagoas, e procurar perspectivas e soluções de avanços sociais.O senador Renan, ao longo de sua trajetória política sempre se preocupou em trabalhar pela melhoria dos Municípios Alagoanos.Não há um só Município de Alagoas que não tenha pelo menos uma obra desse excelente político. Se for candidato a Governador votarei sem pestanejar, pois é o melhor para Alagoas.

  9. Pietro

    Candidato ou não, Renan Calheiros é o melhor para Alagoas. Ele ajuda o nosso estado lá em Brasília com projetos, conseguindo recursos e abrindo as portas dos ministérios para nossos prefeitos. Se for governador, com o prestígio que ele tem no Planalto, conseguirá trazer ainda mais recursos para ajudar nosso estado.

  10. Antonio

    Bonito, lindo pra nós AlagoASNOS: um é sanguessuga e o outro é o rei do gado, estamos ferrados e vamos mudar o nome de Alagoas pra ALADROAS. Quando aprenderemos a votar?

  11. sils

    uma coisa é certa,nenhum desses candidatos prestam,com exceção: de Benedito de Lira,o resto nenhum presta e o estado como sempre estará na mesma,ou seja, na miséria.Só tem dois candidatos que poderia ser um bom governador: o senador Fernando Collor de Melo e o senador Benedito de Lira,esse é a única esperança para este estado alcançar o progresso.

  12. nivaldo

    QUALQUER CANDIDATO AO GOVERNO QUE SE JUNTAR AO GRUPO DO DESGOVERNADOR TÉO BALELA, COM CERTEZA SAIRÁ DERROTADO ,POIS A REJEIÇÃO SERÁ MUITO GRANDE, SOBRETUDO PELO FUNCIONÁRIO PÚBLICO ESTADUAL.

Comments are closed.