Para Marqueteiro, Nonô e Collor acertam, Biu e Renan erram
   14 de maio de 2013   │     23:14  │  20

Para entender melhor o quadro político estadual recorri a avaliação de um experiente marqueteiro, com boa atuação em campanhas eleitorais em vários estados – especialmente Alagoas.

Estratégia política, explica o marqueteiro, não dá para encontrar na prateleira do supermercado. “É como remédio de farmácia de manipulação: é diferente para cada paciente”.

Partindo desse princípio, ele elogia a estratégia de Collor em antecipar a campanha.

“Ele está ocupando espaços, botando a cara porque precisava fazer isso. Nesse caso eu realmente recomendaria a antecipação de campanha”.

Então a estratégia de Benedito de Lira e Renan Calheiros, que também decidiram antecipar a campanha estaria correta?

Ele discorda: “O Renan terminou se precipitando, por conta do Benedito de Lira, o que foi um erro. Ele não ganha nada antecipando a campanha, não ganhará nenhum apoio além do que ele já tem. O próprio Biu erra na antecipação e já foi aconselhado por seus assessores mais próximos a tirar o pé do acelerador e deve começar a pisar no freio”.

Dentre os outros nomes, avalia o marqueteiro, a melhor estratégia, até agora é a do Nonô. “Ele está esperando o quadro se definir e só se deve se posicionar com a caneta na mão. Ele sabe que suas chances dependem da saída de Téo Vilela do governo e o melhor é esperar”.

E Alexandre Toledo? “Ele aparentemente vai precisar esperar tanto quanto o Nonô por uma definição. Se pensar em sair para o governo e iniciar a campanha agora, a tendência é de perder espaço, ao invés de ganhar”, avalia.

COMENTÁRIOS
20

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Isaac

    Como diz o velho Ditado: os últimos sempre serão os primeiros. Renan Calheiros dá nó em pingo d’água em matéria de estratégia eleitoral.

  2. Joana Macedo

    Eu tenho gostado bastante do trabalho do Collor, acho que ele tem se esforçado para conseguir trazer coisas boas aqui para Alagoas, se esse trabalho que ele vem desenvolvendo é estratégia de camapanha eu não sei, a única coisa que eu sei é que sendo estratégia ou não o Alagoano se beneficia e sua condição humana tem melhorado

  3. Pensador

    Não Existe tem razão! Tem outros nomes que precisam ser lembrados, como od da própria Heloisa, do Cícero Almeida e do Ronaldo Lessa, esses vão ter mais votos aqui em Maceió do que o rennan e o coloor juntos se forem candidatos ao governo.

  4. NÃO EXISTE!

    O PESSOAL DA MÍDIA SÕ FALA NELES. COLLOR, BIU, RENAN, NONÔ E OUTROS, MENOS A QUE TODOS ELES CONSIDAM COMO A COITADINHA DA PARADA. POBRE E SEM DINHEIRO PARA GASTAR NA CAMPANHA DE ENGANAÇÃO DO ELEITOR; ESQUECEM, PORTANTO, QUE A POBREZINHA CANDIDATA É RICA EM FORÇA E DONA DE UM PRESTÍGO FORA DO VOMUM PERANTE O ELEITORADO ALAGOANO. SE CUIDEM E ESQUEÇAM QUE A HELOISA HELENA EXISTE. MELHOR ASSIM

  5. Vitor Andolini

    Mesmo com essa avaliação desse marqueteiro,o nome que mais trabalha e luta por alagoas e tem mais competência para governar chama-se Renan Calheiros, esse sim é do povão.

  6. Lúcio Camargo

    Acompanho a trajetória política de Collor e sempre pude observar que ele é um político engajado, independente das eleições serem no ano que vem eu acho que o trabalho que ele vem desenvolvendo é para ajudar os alagoanos e sinto que o Collor gosta de ver o progresso do nosso Estado

  7. Pensador

    O senhor Renan quer abarcar o mundo com as mãos. Como presidente do Senado, tem muito poder me Basíia, mas não quer lagar o osso.
    Ele não quer ser governador do Estado, mas fez esse lançamnto de campannha para segurar a vaga. Depois ele indica um nome da confiança dele, que pode ser o do próprio, filho, para poder ficar mandando em Alagoas sem perder o poder em Brasília

  8. Revoltado

    Já eu penso que o renan fez o lançamento da campanha com medo do Collor e não do Biu. Depois que ele assumiu a presidência do Senado sumiu de Alagoas e fez esse seminário com medo de perder terreno.

  9. José da Silva

    Edivaldo, em relação ao Estaleiro Eisa, não se sabe quem começou a fazer questionários aos proprietários das terras, pois não se identificaram como funcionários do Estado, nem da Prefeitura de Coruripe, além de já demonstrarem mapas e todos os nomes dos proprietários que possuem terras na área demarcada. Falaram também sobre a retirada de parte do trecho da Al 101 Sul, para passar principalmente pelas terras do vice-governador, interessante que anos atrás no período da construção o mesmo impediu o avanço em suas terras, fazendo com que construissem a chamada “curva da morte”. Queremos mais informações, e vc como jornalista confiável pode nos ajudar. Obrigado.

  10. Marcelo

    Eu acho que a estratégia do Collor tem sido mostrar trabalho, e isso me agrada muito! Ele tem realmente trabalhado e buscado melhoras e benefícios para o nosso estado.

  11. Valmar Lima

    Um político alagoano que sempre sabe a hora certa de entra na corrida é Renan Calheiros. Tem fôlego e não é à toa que é presidente do Senado Federal.

  12. Mauricio Malta

    Renan reza pela sua cartilha de experiência política. Ele sabe que não é a hora de entrar em briga de jacaré com cobra d’água.

  13. Professora Santos

    O senador Renan está certo. Pra quê antecipar eleição? O cara é presidente do Senado e tem poder político e uma agenda positiva para Alagoas. Essa é a hora de pensar no Estado.

  14. Pietro

    Cuidado para o feitiço não virar contra o feiticeiro. Campanha é maratona e quem larga na frente é engolido sem fôlego pelo pelotão de trás. Nesse assunto, Renan é um excelente maratonista.

  15. Luciana

    Uns saem na frente para recuperar o tempo perdido e abrandar a famigerada rejeição, no caso de Collor. Outros entram na campanha política na hora certa, pois tem apoio político e eleitoral para tomar essa decisão, é o caso de Renan. Sempre foi assim e assim será.

  16. clara

    Há 13 meses de um processo eleitoral é impossível o poder da previsão. Esse devaneio de quem está errando ou acertando é conversa de marqueteiro.

  17. Jaldo

    Será uma peleja dificil e se estivesse na loteria eu cravaria um triplo. O povo está exausto de tanta conversa fiada…

Comments are closed.