Subvenção da cana não tem pai, mas tem mãe: Dilma Rousseff
   17 de maio de 2013   │     17:27  │  4

 Nos próximos dias a subvenção da cana, anunciada em primeira mão neste blog e confirmada hoje em jornais de todo o Brasil, vai  “ganhar” muitos “pais” ou “padastros” mas o fato é que a presidente Dilma Rousseff, que autorizou a medida, ontem, está cuidando pessoalmente do assunto para assegurar que os produtores de cana do Nordeste – especialmente Alagoas e Pernambuco – saibam que foi ela quem autorizou o pagamento aos produtores.

Dilma está mudando a agenda na visita que fará a Recife, na próxima segunda-feira, para inauguração da Arena Pernambuco.  A presidente vai visitar a sede da Associação dos Fornecedores de Cana e terá um encontro com os agricultores, repetindo um gesto de três anos atrás, quando ainda era ministra.

Em outras palavras, o pacote de bondades para o setor canavieiro, que vai beneficiar 21mil produtores de cana do Nordeste, será entregue pessoalmente pela própria presidente. O resto, como costura dizer um amigo, é perfumaria.

A subvenção na imprensa

Reproduzo, a seguir, texto da agência Reuters:

Reuters – O governo federal vai conceder subvenção de 12 reais por tonelada de cana-de-açúcar para produtores afetados por uma seca severa no Nordeste, região responsável por cerca de 10 por cento da produção brasileira. O benefício será limitado a 10 mil toneladas por produtor (equivalente a 200 hectares) e será retroativo a janeiro e com validade até dezembro deste ano, anunciou nesta quinta-feira o secretário-executivo substituto do Ministério da Fazenda, Dyogo de Oliveira.

A previsão da Fazenda é que 17 mil produtores sejam beneficiados com o subsídio, que terá o custo de 125 milhões de reais em 2013 ao governo.”Os canaviais não estão rebrotando neste ano devido à seca e haverá necessidade de replantio antecipado e isso significa um custo adicional. A subvenção vai contribuir nesse processo de replantio”, explicou Oliveira ao comentar os efeitos da seca severa nas lavouras de cana do Nordeste na atual temporada.

O Nordeste deve produzir cerca de 53 milhões de toneladas de cana na safra 2012/13, que está sendo encerrada e segue calendário diferente do da região centro-sul, onde a safra 2013/14 já começou.De acordo com os dados mais recentes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra 2012/13 do Nordeste ficará mais de 16 por cento abaixo da anterior.

O Nordeste plantou cerca de 1 milhão de hectares com cana em 2012/13, segundo a Conab.Na estimativa do Ministério da Fazenda, a estiagem prolongada e intensa provocará a perda de 30 por cento da produção em determinadas regiões.Em 2008/09, o Nordeste chegou a receber subvenção de 5 reais por tonelada.Para ter acesso ao subsídio, o produtor terá que apresentar à Conab as notas fiscais de entrega da cana às usinas.

O valor corresponde às toneladas será depositado na conta-corrente indicada pelo agricultor. O secretário disse ainda que essa medida emergencial de socorro será inserida em uma das medidas provisórias que estão em tramitação no Congresso ou fará parte de uma nova MP. Em qualquer das hipóteses, explicou ele, a subvenção será retroativa a janeiro.No final de abril, o governo anunciou pacote de medidas para a indústria de etanol, como a redução de tributos como PIS/Cofins e melhores condições de financiamento para estocagem e renovação de canaviais, com o objetivo de permitir que o setor eleve investimentos e amplie a produção do biocombustível.(Reportagem de Luciana Otoni)

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. GENALDO ODORICO DE SOUZA

    OLÁ EDVALDO, ESTOU COM DUVDA. QUANDO FALA NO TEXTO “RETROATIVO A JANEIRO E COM VALIDADE ATÉ DEZEMBRO DESTE ANO “. ISSO SIGNIFICA QUE SÓ VAI RECEBER A SUBVENÇÃO QUEM COMEÇOU MOER CANA A PARTIR DE JANEIRO DESTE ANO, E QUEM MOEU A CANA TODINHA ATÉ DEZEMBRO DO ANO PASSADO COMO É QUE FICA

    1. Edivaldo Júnior Post author

      Genaldo, a subvenção será paga sobre a cana moida na safra 11/12. Apenas o processo de cadastramento e a lieração dos recursos é que ocorre este ano – retroativo porque é o ano fiscal, q vai de 1 de janeiro a 31 de dezembro.

      1. GENALDO ODORICO DE SOUZA

        OBRIGADO EDVALDO, ESCLARECEU A MINHA DÙVIDA. SUAS POSTAGENS SÃO MUITO UTIL PARA TODOS .
        OBRIGADO.

  2. PêCê

    ISSO É QUE É UM PAÍS BONZINHO, HEIN EDIVALDO?
    A DILMA AGORA É A ROBIN HOOD. SÓ QUE TIRA, OU ROUBA MESMO, DOS POBRES, QUE SOMOS NÓS, E DAR PROS RICOS.
    E NÓS É QUE PAGAMOS POR TODA ESSA SAFADEZA.
    E A SUBVENÇÃO AOS MISERÁVEIS DESSE PAÍS, QUEM PAGA, HEIN??W

Comments are closed.