Na feira: AL pode ganhar minirefinaria de petróleo de R$ 70 mi
   22 de maio de 2013   │     16:37  │  3

A participação da Cadeia Produtiva da Química e do Plástico de Alagoas na Feira Internacional de Plásticos (Feiplastic), em São Paulo, continua rendendo investimentos e a promessa de novos negócios para Alagoas.

Uma das novas possibilidades é a implantação de uma fábrica de brinquedos. De olho nos benefícios que Alagoas oferece, a exemplo dos incentivos fiscais César Vieira, presidente da Multibrink, indústria paulistana voltada para a confecção de artigos de brinquedos e puericultura conversou com representantes da CPQP de Alagoas e acenou com uma proposta de investimento que pode chegar a R$ 90 milhões, na instalação de uma unidade fabril em uma área de 100 mil m² que pode gerar mil empregos diretos.

“Depois de uma pesquisa chegamos à conclusão de que Alagoas é uma boa opção de investimentos do Nordeste. Os grandes centros cada vez mais inviabilizam a evolução de novas plantas industriais, com preços elevados de terrenos, e esse crescimento não volta atrás, não existem opções de crescimento. Com uma política de incentivos atraente e o cuidado que podemos perceber de Alagoas ficamos muito animados em realizar uma proposta oficial do nosso projeto”, explicou o empresário.

Outra novidade para Alagoas na Feira foi a possibilidade de instalação de uma de uma minirefinaria de petróleo no estado. A Bmipar, quer desenvolver um projeto para atender às lacunas deixadas pela Petrobrás no mercado. Com uma produção inicial de cinco mil barris por dia, passando para 10 mil após três anos, o empreendimento aportará investimentos de R$70 milhões, e deve gerar 200 empregos indiretos.

“A nossa vantagem é funcionar com uma unidade no centro da produção e da demanda, o que viabilizaria a nossa eficiência. Planejamos ter essa planta em Alagoas há algum tempo, outros encaminhamentos já foram realizados, esperamos oficializar a nossa proposta até semana que vem junto ao governo do Estado”, garantiu um dos diretores da Bmipar, Paulo Roberto Costa.

André Pafer superintendente de Indústria, Comércio e Serviços da Seplande, explica que o novo negócio deverá, se confirmado, ser instalado no polo de Marechal Deodoro. “É uma indústria de alto valor agregado, que vai trabalhar para a Petrobrás, processando o petróleo produzido em Alagoas e que será destinado ao próprio estado. Esse diferencial de logística dará uma grande vantagem competitiva para o empreendimento”, enfatiza.

A confirmação do investimento da refinaria em Alagoas depende, agora apenas,  de uma reunião com a Agência Nacional de Petróleo (ANP) para a definição de detalhes acerca do projeto.

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. PêCê

    É EDIVALDO, JÁ QUE NÃO PODEMOS TER UMA REFINARIA, COMO PROMETIDA À MUITOS ANOS, PELOS POLÍTICOS ALAGOANOS, TEMOS QUE NOS CONTENTAR COM UM PEDAÇO, (MINIREFINARIA) MESMO, NÉ???
    SE NÃO FICAR SÓ NA PROMESSA, HEIN…

  2. Benigno

    Fica aqui minha torcida!
    Uma das formas de Alagoas alavancar seus índices (social e econômico) é capitando novas empresas. Neste sentido, o atual governo tem demonstrado uma rara competência, pena que o mesmo não aconteça em outras aréas tão necessárias.
    Contudo, em se tratando de Brasil, e neste caso Alagoas, a questão política e não técnica pode influênciar para o bem ou para o mal. Este ultimo, com muito mais projeção!

    1. WALTER SILVA ELEITOR DE, TEU BIL E DILMA

      EU ESTOU EMOCIONADO, COM O GRANDE GOVERNO QUE NOS TEMOS EM ALAGOAS, ESTE GRANDE POLITICO QUE E TEU VILELA, HOMEM INTEGRO, DE GRANDE CAPACIDADE, PARA QUE ESTE ESTADO CHEGUE A O PATAMAR CHEGOU . FOI ESTE GIGANTE DO DEZIVOLVIMENTO, OBRIGADO GOVERNADOR , SO LHE PESSO UMA COISA APOI NOSSO BIL, PARA CONTINUAR A FAZER O QUE OSENHOR ESTA FASENDO, DEUS LHE DER UMA GRANDE VITORIA NO SENADO EM 2014 EM ALAGOAS, AMEM AMEM.

Comments are closed.