Sobra iluminação, mas falta transparência em Maceió
   22 de maio de 2013   │     3:00  │  2

Durante a campanha e na transição conversei várias vezes com Rui Palmeira por telefone. Desde a posse ainda não falei com o prefeito. A “blindagem” atrapalha um pouco – mas confesso que fiz apenas algumas ligações para um número que está sempre fora de área, além de deixar recados com um dos seus secretários.

Prometo insistir mais a partir de agora. Como todo gestor, Rui Palmeira tem direito a um período de quarentena no início do mandato. De três a quatro meses é tempo suficiente para qualquer um arrumar a casa, mesmo para quem teve uma transição difícil. Assim, acredito que já está na hora de fazer alguns questionamentos.

Farei ao prefeito uma pergunta já antecipada a alguns dos seus secretários – até agora sem resposta. Porque, passados quase 5 meses de gestão, Maceió continua sem um portal da transparência atualizado e não cumpre com a Lei de Acesso a Informação?

No começo, dá para entender as dificuldades – nada que justifique a falta de atualização dos dados, mas tudo bem. Só não dá para entender porque alguns órgãos conseguiram cumprir suas funções – mesmo com a “herança maldita” – e outros não.

Um bom exemplo é o da Sima, que está anunciando mais um “banho de luz” na praça dos Martírios, um trabalho que começou desde a primeira semana de governo e não parou mais.

Rui Palmeira é, até que se prove o contrário, sério e honesto. Seus assessores também. Não há nada a esconder. O próprio prefeito defende, pessoal e politicamente, a transparência. Repetidas vezes, ele me disse que faria da transparência uma das prioridades de sua administração. Até agora tem o prefeito demonstrado muito zelo com a coisa pública, mas fica difícil mensurar os avanços na gestão sem o acesso a dados para fazer a comparação.

O combate a vícios antigos tem sido uma marca da nova gestão. Nada melhor do que atualizar o portal da transparência e cumprir a LAI, ferramentas  que certamente vão ajudar Rui na sua caminhada.

Como andam os servidores?

Alguém aí sabe alguma coisa sobre esse comentário que Julio Silveira deixou no blog, ontem?

Eu gostaria de informar que amanhã (QUARTA – 22/05) haverá uma grande mobilização dos servidores do município de Maceió, devido a negativa do prefeito Rui Palmeira em pagar direitos GARANTIDOS no PCC e pela lei, como insalubridades, enquadramentos, progressões, além dos retroativos. A concentração será na PRAÇA SINIMBU e o ato (as 9 da manhã) em frente a SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO (SEMARHP). Todos estarão de PRETO em luto pelo enterro dos DIREITOS pelo PREFEITO.

Além disso NADA foi feito efetivamente para melhoria das CONDIÇÕES DE TRABALHO péssimas nas unidades do município;

Além do assedio moral, pressões, falta de materiais, medicamentos e a enxurrada de cargos comissionados e “assessorias” (mais do que o Cícero Almeida).

Não vamos aceitar facilmente nossos DIREITOS serem negados.

Atenciosamente,

Julio Silveira

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Pierre Le Man

    O prefeito ainda não disse para que veio e por isso a blindagem dos assessores. Até agora só uma falsa midia na televisão para dizer que estar trabalhando e na verdade estão mais perdidos do tudo. Essa história de falar em transição dificil, herança maldita é desculpa esfarrapada por que sempre foi assim em todas as mudanças de governo. O que está sobrando é incompetência de uma equipe fraca.

  2. servido Municipal

    A cerca da manifestação não tinha conhecimento, visto que trata-se de um ato dos servidores da saúde, porém o assedio moral, pressões e falta de condições de trabalho, eu ratifico, o relato do companheiro, pois isso é inerente a maioria das secretárias.
    eu trabalho na Slum, aqui todos os dias nós sofremos assedio moral do superintendente – que não é preparado tecnicamente para ocupa o cargo, foi apenas indicação politica – e dos cargos comissionados – são dezenas todos os dias.

    caro edivaldo junior, se possivel gostaria que você averiguasse essa duas denúncias que vou fazer agora; 1- Na slum, todos os dias pela manha, chega o café que invariavelmente é composto por pão com manteiga e leite. até ai tudo bem, o fato é que um dia tive acesso a uma conversa – entre amigos – onde soube que nesse café também tinha ” macacheira com charque, inhame com galinha e etc ” só que isso nunca chegou por lá.

    2 – É verdade que a Simas esta dando um banho de luz na cidade, Porém o superfaturamento que eles estão fazendo, dava pra iluminar Alagoas inteira, visto que fizeram esse serviço na rua em que moro – onde só tem 7 postes de iluminação, cada um com 1 lampada – só que no balanço que divugam no site da prefeitura constava que na rua em que moro, eles teriam colocado 14 lampadas. ou seja 100% de superfaturamento, só na rua em que moro, sendo que no conjunto temos mais de 50 ruas iguais. fica a dica !!!!

Comments are closed.