Para criar Secretaria dos Esportes, governo terá de remanejar servidores
   6 de junho de 2013   │     11:48  │  1

A decisão de criar a Secretaria dos Esportes já foi tomada pelo governador Teotonio Vilela Filho, atendendo recomendação do ministro Aldo Rebelo. O governo só ainda na criou a pasta – que daria melhor estrutura para desenvolver as ações do estado na Copa de 2014 – por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal.

“Vou criar sim a Secretaria, apesar das dificuldades em função do limite da lei de responsabilidade fiscal”, afirma o governador.

Se realmente quiser levar a frente o projeto, ele só terá, na atual situação administrativa do estado, uma saída: remanejar servidores efetivos e comissionados de outra Secretaria.

De qual? De quais? Quem for secretário que bote a barba de molho.
O secretário de Gestão do Estado, Alexandre Lages, confirma que Alagoas já ultrapassou o limite prudencial da LRF. Após o reajuste de 5,83% a folha de pessoal foi para R$ 213 milhões, pagos a cerca de 70 mil pessoas – entre ativos, inativos e pensionistas.

“Estamos com 47,9% de gastos com pessoal. Enquanto estivermos nesse limite o estado só poderá fazer concurso para Saúde, Educação e Segurança”, aponta Alexandre Lages.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. renato silva

    PELO AMOR DE DEUS MAIS UM CABIDE DE EMPREGO PARA COMISSIONADOS O GOVERNO TEM QUE ECONOMIZAR E PARA ISSO TEM QUE ACABAR UMAS SECRETARIAS EX SECRETARIA DA PAZ,DA MULHER E OUTRAS QUE SÓ SERVE PARA DAR PODER A ALIADOS POLITICOS UMA VERGONHA

Comments are closed.