De olho em 2014, governador começa reforma política no governo
   12 de junho de 2013   │     18:15  │  2

Ainda que discretamente, o governador Teotonio Vilela Filho iniciou esta  semana uma reforma política no governo. Depois da nomeação de Renatinho Rezende para a Secretaria Adjunta da Ação Social na segunda-feira, saiu no DO de hoje nomeação de marcos Ferreira para o Escritório de Representação de Alagoas em Brasília.

A próxima nomeação deve ser a de João Caldas, que pode ocupar uma Secretaria de estado ou indicar o nome de algum secretário.

Candidato ou não, o governador dá sinais de que está num lado do tabuleiro, com as peças na mão.

É mais um sinal de que, no jogo da sucessão, 2014 não estão tão longe como se pensa.

Rezende e Ferreira devem disputar um mandato no ano que vem, assim como João Caldas, presidente do PEN em Alagoas, que foi ao Palácio dos Palmares, ontem, conversar com Téo Vilela.

Há quem diga – e eu acredito – que as mudanças não vão parar por aí.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. nada que preste

    o governador teotonio só faz trocar o sujo pelo mal lavado. o chefe do governo é mais que inteligente. nas nomeações recentes, tem gente que mandou a mão no dinheiro, como prefeito, chamado resende, tem um cidadão de santana que não ganha mais nem para vereador, que o povo chama de ferreir e o rapaz que pintou e bordou na agricultura, que atende pelo nome de caldas. esse governador é um doce.

Comments are closed.