Bauducco vai construir novas fábricas e uma central de distribuição em Alagoas
   17 de junho de 2013   │     15:05  │  4

A inauguração da primeira fábrica do Bauducco no Nordeste reuniu, hoje, na sede da unidade, em Rio Largo, líderes empresariais e políticos. O governador Teotonio Vilela Filho descerrou a placa que marca a entrada em operação da indústria ao lado do patriarca da família, Luigi Bauducco.

O ato, no entanto, tem um simbolismo maior: “entramos, definitivamente, num novo segmento, que é a indústria de alimentos”, afirmou o secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico, Keylle Lima.

A própria Bauducco está só no começo. O que foi inaugurado hoje trata-se na verdade da primeira fábrica que vai operar no complexo industrial. A unidade está pronta para fabricar a linha completa de waffers e de bolinhos. Outras duas novas fábricas serão erguidas ao lado, além de uma central de distribuição.

“Até 2015 a empresa vai expandir gradualmente suas atividades, passando a fabricar aqui em Alagoas várias outras linhas de produtos, visando sempre atender o mercado do Nordeste. Em função dessa estratégia regional é que não foi projetada, ao menos por enquanto, a produção de panetone, porque o consumo desse tipo de produto ainda é pequeno em nossa região, se comparado com o Centro-sul”, aponta Keylle Lima.

O secretário da Seplande aproveitou a solenidade para anunciar a inauguração de novas empresas em Alagoas ainda este ano, entre elas o novo shopping center: “o governo está fazendo um grande esforço para gerar mais empregos para os alagoanos”, enfatiza.

 

Empresários e autoridades de Alagoas durante visita na fábrica da Bauducco, em Rio Largo

Empresários e autoridades de Alagoas durante visita na fábrica da Bauducco, em Rio Largo

A fábrica da bauducco

Alagoas recebeu oficialmente, nesta segunda-feira, uma das marcas líderes no ramo de produtos forneados do Brasil. O novo parque fabril, quinto da Bauducco no Brasil e o primeiro no Nordeste, recebeu investimentos de R$ 60 milhões e irá gerar 100 empregos diretos na sua primeira fase.

A unidade que funciona em Rio Largo, na rodovia BR-104, km 85 começa produzindo a linha completa de wafer, segmento no qual a Bauducco é líder nacional. Ao todo serão sete sabores, incluindo limão e abacaxi, estes dois comercializados com exclusividade no Nordeste.

O secretário da Seplande, Luiz Otavio Gomes, ressaltou que Alagoas vive um novo momento em sua economia. “A Bauducco é uma grande conquista dos alagoanos, quando todas as fases e linhas de produção estiverem concluídas, essa será a mais moderna fábrica da empresa em todo o Brasil”, destacou.

“A Bauducco está investindo fortemente na região: construiu uma fábrica, fez pesquisa com o consumidor para entendê-lo melhor, e agora inicia suas operações com wafer”, afirma Marcello Gelo, diretor de marketing da Pandurata.

Capacitação em Minas Gerais

O grupo Panduratta Alimentos, empresa que detém a marca da produtora de biscoitos, capacitou a mão de obra local para a fábrica de Alagoas na unidade da empresa em Extrema, interior de Minas Gerais.

O secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Keylle Lima, enfatizou a inclusão produtiva de alagoanos na unidade fabril. “Ter os nossos jovens capacitados fora do Estado, entrando em contato com as mais modernas máquinas do segmento, é gratificante para o nosso trabalho. São jovens que encontraram no trabalho uma oportunidade de crescer”, exaltou.

O secretário adjunto destacou ainda o empenho do Governo para a realização do empreendimento. “A Bauducco é uma empresa grande, comprometida com o progresso de Alagoas, é com muito orgulho que participamos desse momento”, exaltou.

Proximidade com cliente

Com a nova fábrica, a marca Bauducco estará ainda mais próxima de seus consumidores na região Nordeste, que degustam duas vezes mais biscoitos que os da região Sul, por exemplo. E há espaço para conquista de mercado: a pesquisa inédita realizada pela Pandurata com consumidores locais identificou que a Bauducco está entre as marcas mais mencionadas pelos consumidores, o que indica que há enorme potencial de crescimento de vendas na região.

“Estamos preparando ações de marketing voltadas especificamente aos consumidores locais, a começar pela campanha publicitária lançada hoje em outdoors distribuídos pelas ruas de Maceió e Rio Largo que têm um tom descontraído, como forma de agradecer à população a oportunidade de se instalar no Estado”, complementa.

Uma das empresas alimentícias mais tradicionais do Brasil, a Bauducco foi fundada em 1952 e é hoje a maior marca de produtos forneados do País e a maior produtora de panettones do mundo. Moderna e industrializada, tem entre suas principais categorias de atuação Panettones, Biscoitos, Torradas, Bolos e Bolinhos. Com sete centros de distribuição e atendendo a mais de 140 mil pontos de vendas no Brasil, exporta seus produtos

 

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Terezinha Pinheiro das Neves

    AAAAAAmo todos os produtos da Bauducco. Vivo brigando com meus filhos e netos porque eles comem todas as gostosuras sem mim. É minha recreação predilete aos domingos…Alguém me ouve , digam ao Papai Noel que eu quero ganhar gostosuras BAUDUCCO.

  2. nice campos

    interessante que uma empresa de grande porte se estale em alagoas,pois sempre é bom o desenvolvimento…
    espero que jere emprego pois gostaria de saber pra onde enviar os curriculos.

  3. jose antonio dos santos

    Que foto linda!. Ficou bonito de mais da conta estas figuras politicas de “touquinha na cabeça”, parece até uns anjinhos, quanto inocência, cuidem bem deles!. O que estes políticos não fazem, aparecem até em aniversário de boneca!. O povo está dando sinais de que estão deixando de ser besta, serem enganados com promessas mentirosas o tempo todo!. Se cuidem.

Comments are closed.