Renan, Alves, Barbosa e Dilma: todos voam com nosso dinheiro
   5 de julho de 2013   │     16:55  │  4

Dilma Rousseff foi passar o fim de ano na Bahia e levou mãe, filha, genro e alguns amigos. Tudo pago com o dinheiro do contribuinte.

Agora tiraram da gaveta as viagens os presidente do Senado e da Câmara  em aviões da FAB. Um foi para um casamento na Bahia. O outro levou amigos de carona para o Rio.

A imprensa pega no pé – eu dei minha ajuda – até de Joaquim Barbosa, que como outros ministros do STF, usa passagem paga com nosso dinheiro para compromissos particulares.

A pergunta é: a regra é a mesma para todos, ou não?  Os chefes dos três poderes tem direito a representação, o que inclui viajar com dinheiro público ou não?

A lei libera, mas tem os excessos. Quem não lembra do cartão funcional que fazia a alegria de Dona Mariza e hoje faz a festa de Dilma e seus assessores mais próximos?

Renan errou. Alves também. Tanto que dois já trataram de devolver a grana. Fica a lição. Mas eu não mudo de posição. Tudo não passa de armação para desviar o foco.

Como e porque essas informações sobre voos, controladas pelo Executivo, chegam a imprensa nesse momento?

Pés no chão

Com o povo nas ruas, irritado com a corrupção, os gastos excessivos da copa e a péssima qualidade dos serviços de saúde, viagens particulares e gastos pessoais são extremamente desaconselháveis.

Pode, mas não deve.

Agora, é importante que a regra seja aplicada para todos. Além de Barbosa, Alves, Renan e Dilma, temos mais 39 ministros, 81 senadores, 513 deputados federais,11 ministros do STF e mais de 30 mil cargos de confianças pagos no governo federal com nossa grana. Isso sem falar de TCU,MPF, STJ, etc etc etc.

Ficar de olho em todos é quase impossível.

Por isso está mais do que não hora de começar a reduzir o número de ministérios e de  cargos de confianças – pelo menos isso.

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. christiano

    mudar que foco, se um dos motivos dos protestos nas ruas inclui os gastos desnecessários dos políticos. Agora, se vc acha que a mídia ao expor essa noticia dessas viagens está ajudando a mudar o foco, então está afirmando que a mídia é conivente com o mal do país.

  2. JAQUES JACINTO BRANCO

    Sou brasileiro e também um contribuinte dos impostos, em meus vencimentos é descontado 27% de IR, e na atual conjuntura social brasileira vêm acontecendo um clima de anarquia, vandalismo e terrorismo, e para assegurar a integridade física e a vida das pessoas que exercem a chefia de Poderes Constituídos, (Executivo, Legislativo e Judiciário), sou plenamente a favor que façam um bom uso de todos os recursos disponível do Estado Brasileiro, até mesmo os aviões da FAB, para se locomover para qualquer cantos deste país, seja missão oficial ou não. Já pensou se alguma dessas autoridades for agredida, mutilada, assassinada por algum desses terroristas travestidos de cidadão brasileiro? Seria uma afronta ao Estado Democrático Brasileiro, perante a opinião publica internacional, seria um caos. Muitos investidores internacionais deixariam de investir em nosso país. Essa é minha opinião e assino em baixo. Cidadão brasileiro que tem opinião própria.

  3. jonas antonio de freitas

    Neste País está desgovernado, mesmo…Um erro não justifica outro…Uma grande solução, seria, como está acontecendo do Egito.Muda-se de Presidente todo o ano…O macaco vai ser engolido pela a banana…

  4. jason

    Renan deveria se preocupar em valorizar mas a população de Murici que vive as minguas,essa cidade deveria servir de modelo para outras cidades.Já que o mesmo vive a anos e nada de boa escolas e estrutura.Alagoano pensem o que fazer bem do seu voto.

Comments are closed.