Sob pressão após revelar gastos da ALE, JHC recebe apoio de Renan
   26 de julho de 2013   │     21:39  │  1

O telefone do deputado estadual JHC, PTN, tocou no começo da noite desta sexta-feira,26. Do outro lado da linha, o presidente do Senado, Renan Calheiros, do PMDB.

Foi a primeira ligação de apoio que João Henrique Caldas recebeu de “alguém importante” desde que denunciou o sumiço de R$ 4,7 milhões da conta da Assembleia Legislativa, em 25 de junho.

Pela manhã, durante conversa com jornalistas, o senador defendeu transparência na Casa de Tavares Bastos. “O povo brasileiro exige a transparência em todos os níveis e o PMDB, que tem quatro deputados estaduais em Alagoas, apoia a iniciativa do deputado JHC. Eu também acho que é preciso dar transparência ao Legislativo Estadual”, enfatizou.

JHC reagiu com satisfação à ligação de Renan Calheiros. “Foi um gesto muito importante. Até agora somente ele tomou essa iniciativa”, desabafa.

O apoio de Renan Calheiros pode reforçar o embate de JHC na ALE. Além dos deputados do PMDB, o senador também mantém boas relações com deputados estaduais de outros partidos, incluindo PT e PSDB.

Ao se envolver no imbróglio, o presidente do Senado também deve elevar a discussão para o cenário nacional, o que pode complicar ainda mais a vida os deputados da mesa diretora da ALE.

JHC se ressente do apoio de instituições e de movimentos sociais: “o Ministério Público deu um prazo para a ALE responder as denúncias e até agora não se posicionou”, aponta.

 A tentação da grana

JHC fez uma revelação importante: tem sofrido pressão e também tentativas de suborno: “me ofereceram dinheiro, achando que era esse o problema. Por isso mesmo fiz questão de distribuir vários CDs com cópias do extrato bancário em vários locais. Agora é a imprensa quem está denunciando tudo”, aponta.

Um amigo, jornalista, também recebeu oferta de grana para não falar mais do assunto: “tenho recebido pressão até de colegas que tem ligações com deputados”, reclama.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. A.Silva

    Até que fim, um político apoia publicamente as ações do jovem JHC,mas,NÃO se recinta deputado pois os ALAGOANOS os próprios servidores da ALE estão ao seu lado.ALE é um CAOS ADMINISTRATIVO onde ninguém realmente sabe quantos servidores efetivos , comissionados , aposentados e pensionistas possuem,NEM QUANTAS FOLHAS SÃO PAGAS,VISTO QUE TEVE GENTE QUE RECEBEU 102 DEPÓSITOS EM CONTA onde o normal são 13 depósitos anuais.Quanto é gasto mensalmente em salários ,QUEM TEM a famigerada GDE e se são realmente merecedores destas gratificações.Na ALE é público e notório que não se paga FÉRIAS,QUINQUÊNIOS, O TEMPO DE SERVIÇO É IGNORADO,NÃO HÁ ASCENSÃO FUNCIONAL NA ESCOLARIDADE,enfim NÃO SE RESPEITA A CONSTITUÍÇÃO DE JEITO NENHUM,O INTERESSANTE É QUE SE ENTRA NA JUSTIÇA E NADA ACONTECE.A ironia é que a CASA DE TAVARES BASTOS deveria dar o exemplo,MAS É O CONTRÁRIO.Comenta-se que a mesa diretora iria pedir em massa seus respectivos afastamentos,porém,NÃO CREIO NISSO e se por um acaso isso acontecer não podemos PASSAR UMA borracha nas possíveis “fraudes” o MP terá a sua PROVA DE FOGO até pelo atual momento que passa o Brasil.PROCURADORES, jamais esqueçam de que os brasileiros brigaram e saíram as ruas em junho TAMBÉM para que o MP MANTIVESSE O DIREITO A CONTINUAR INVESTIGANDO QUEM COMETECE ILÍCITOS, acredito que tenha ficado bem claro o recado dado nas ruas.Que o próximo presidente da ALE resgate a credibilidade de um ORGÃO TÃO IMPORTANTE para a SOCIEDADE e que a mesma seja realmente uma caixa de ressonância do povo e que também procure seguir TÃO SOMENTE o que manda a constituição no que CONCERNE a todos os futuros atos desta casa. Por uma nova Alagoas…………..alguém tem que começar ,que se comece agora por gentileza…….

Comments are closed.