German que começar construção do estaleiro ainda este ano
   2 de agosto de 2013   │     18:41  │  0

Saiu antes do esperado a aprovação do financiamento de R$ 2,2 bilhões para o Estaleiro Eisa. O conselho do Fundo de Marinha Mercante (veja texto abaixo) autorizou o empréstimo que será, agora, negociado com os bancos.

O repasse do empréstimo será feito por um banco oficial (BB, Caixa, BNB ou BNDES). O mais provável, antecipa o empresário German Efromovich, presidente do Synergy Group é que a operação seja feita, no mínimo, por dois bancos.

Com o aval para o empréstimo ficam faltando, basicamente, duas etapas para o início da construção do estaleiro em Coruripe: a licença prévia e a transferência dos recursos para o Eisa.

Mas, anote, German já avisou que começa a obra ainda este ano – caso a licença de implantação saia entre novembro e dezembro, como ele espera – ou no mais tardar no começo de 2014.

O empresário adiantou ainda que se houver dificuldades de conseguir liberar o financiamento no Brasil, ele começará a obra com recursos próprios e poderá fazer a captação no sistema financeiro internacional.

O Eisa já iniciou os estudos complementares exigidos na licença prévia expedida pelo Ibama no mês passado.

“São 57 itens listados e eu tive a informação de que todo o projeto estará pronto ao final de setembro, no mais tardar na primeira quinzena de outubro”, adianta o secretário Luiz Otávio Gomes, que tem acompanhado pelo Estado, o andamento do projeto.

A seguir texto da Ascom da Seplande confirma a aprovação do empréstimo:

Conselho do Fundo da Marinha Mercante autoriza a liberação de R$ 2 bilhões para Estaleiro Eisa Alagoas

Mais um passo para a implantação do Estaleiro Eisa Alagoas foi dado. Nesta sexta-feira (2), o Conselho Diretor do Fundo da Marinha Mercante aprovou a autorização de R$ 2 bilhões para financiar o empreendimento, que vai gerar 10 mil empregos diretos e outros 40 mil indiretos no município de Coruripe. O Fundo é a principal fonte de investimentos de longo prazo destinada a promover o desenvolvimento da marinha mercante e da indústria de construção e reparação naval no Brasil.

Na última terça-feira, 30 de julho, técnicos do órgão estiveram reunidos com o secretario de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otavio Gomes, para anunciar que após a visita de analistas à região do empreendimento,  o parecer técnico era favorável para liberação dos recursos. Na oportunidade, a equipe do Fundo da Marinha Mercante destacou o detalhamento do projeto e o empenho do Governo de Alagoas para garantir a chegada do Estaleiro.