Estado pode extinguir secretarias e cargos comissionados por conta da crise
   3 de agosto de 2013   │     22:47  │  13

A cada mês, Alagoas dá novos sinais de fadiga na sua arrecadação. Em julho, a receita própria total chegou a R$ 247,19 milhões. O crescimento em relação a igual mês do ano passado, quando a arrecadação ficou em R$ 234,94 milhões foi de apenas 5,2%.

O resultado de julho pode levar o governo a acelerar cortes de gastos nas secretarias de estado. Isso porque o comportamento da receita, este ano, está abaixo do previsto no Orçamento.

O estado espera um crescimento de pelo menos 8% sobre o valor arrecadado em 2012. Mas, quando somada a arrecadação com transferências federais, o crescimento fica abaixo dos 6%, perdendo inclusive para a inflação.

Em casa que falta pão, todo mundo chora e ninguém tem razão. Anote e depois não diga que não avisei: a situação financeira do estado, que já é considerada de “aperto” tende a se agravar nos próximos meses.

O governo já determinou a redução de despesas com custeios em todos os órgãos. O próximo passo pode ser a extinção de secretarias e de cargos comissionados.

E, cá prá nós, tem Secretaria que se for extinta não vai deixar saudades.

Alagoas não é uma ilha

Ao falar do aperto fiscal, o governador Teotonio Vilela Filho disse que Alagoas sofre por conta da crise mundial e nacional: “a economia nacional vai mal e afeta a todos os estados, inclusive Alagoas”.

Téo Vilela já avisou a vários secretários que a “tesoura” vai funcionar. O que ainda não foi decidido é o tamanho do corte: “infelizmente teremos de cortar ainda mais despesas, porque no cenário atual está difícil aumenta r a receita”, aponta.

COMENTÁRIOS
13

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Alex

    Constituição Federal

    Art. 169. A despesa com pessoal ativo e inativo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios não poderá exceder os limites estabelecidos em lei complementar.

    § 3º. Para o cumprimento dos limites estabelecidos com base neste artigo, durante o prazo fixado na lei complementar referida no caput, a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios adotarão as seguintes providências:

    I – redução em pelo menos vinte por cento das despesas com cargos em comissão e funções de confiança;

    II – exoneração dos servidores não estáveis.

    a palhaçada esta na situação de novos cargos, funções de confiança, e aumento em gratificações, e ainda contratação de terceiros.
    Enquanto isso os servidores continuam sendo enganados com a conversa de que reajuste salarial é impossivel por culpa da LRF.

  2. jose antonio dos santos

    O que essas figuras dos SEM TERRA foram protestar no AEROPORTO, eles não andam de avião, só em caminhões e ônibus velhos com emplacamento irregulares, eles devem ir para a porta do Governador, da Assembléia, etc. Vocês estão sendo usados como PICOLÉ CHUPADO… Se ligem, caras….

    1. Alex

      Porque ninguém divulga os gastos com comissionados no Estado de Alagoas?
      porque o portal da transparência não funciona?

  3. A.S.Marques

    Meu caro Edivaldo eu vou contar uma coisa que fiquei sabendo há alguns meses atrás e que me deu ARREPIO só de imaginar,PASMEM,não era que o deputado da CEAL tinha PRETENÇÕES de se tornar um dos”PROCURADORES DA ALE”,imaginem que absurdo.Acredito que agora com essa LAMA toda jogada no ventilador e que respingou FARTAMENTE em sua pessoa tenha sido sepultada PARA O BEM DA ALE E PRINCIPALMENTE DE ALAGOAS.

  4. jose antonio dos santos

    A presidente Dilma, caindo pelas tabela em termos de índice de aprovação. O PT, quem diria dando as costas para o clamor das ruas!.

    Somente uma redução drásticas de despesas, redução do número de ministérios, mandar uma cambada de canalhas corruptos para trabalharem em alguma coisa, que seja fora do governo!.

    O mais poderoso, o país mais rico do mundo os Estados Unidos só tem 15 ministros, e por que aqui, o segundo país que cobra mais impostos e quase nada oferece a população têm mais de 35 ministros, dizem ser 39, uma vergonha para acomodar figuras que pagaram até MOTEL COM DINHEIRO PÚBLICO, um homenzinho do Para então Ministro do Turismo que deveria ter sido preso e encaminhado para um trabalho forçado, quando descoberto a
    safadeza.

  5. jose antonio dos santos

    Alagoas parece ser a terra da esculhambação, vivemos uma verdadeira crise de autoridade, a considerar o que acontece aqui. Um governador com síndrome de um verme politico, inerte, paralisado, um quase morto, sem ação, pense num cara mentiroso, incompetente. O estado a deriva com os piores índices sociais, e olhem que não é falta de dinheiro, e tem muito. Gasta mais de 70 milhões com propaganda mentirosa, tentando mostrar para a população uma realidade inexistente, o seu parceiro de partido prefeito da capital parece que contraiu a mesma doença, um cidadão com pouse de “mauricinho” fraco desconhece a realidade da falta de remédio, médicos, assistência a quem procura os postos de saúde, escute diariamente as emissora de rádio, e comprovem o clamor da população. Até quando isto vai continuar!.

  6. Eleitor

    Pode acabar com Secretarias inúteis como a de “Promoção da Paz”, “Juventude”, e colocar pessoas capacitadas nas outras Secretarias, acabando com os cabides de emprego de pessoas despreparadas que são indicadas por políticos, os “Nomealdos” e “Nomealdas”, que infestam o serviço público estadual e recebem sem contribuir com absolutamente nada para o desenvolvimento do Estado.

  7. L. SILVA

    EDVALDO, EM ALAGOAS NÃO SO EXISTE CRISE. EXISTE, TAMBÉM, DESVIOS E DESPERDÍCIOS. O ATUAL GOVERNO, É USEIRO E VEZEIRO EM GASTAR. PARECE QUE ALAGOAS, PARA ELE, É UM TESOURO. ALÉM DISSO, AINDA ESPLORA O GOVERNO FEDERAL, PEDINDO AJUDA FINANCEIRA, SOB ALEGAÇÃO DE UTILIZAR EM OBRAS, MAS QUE TERMINAM SENDO DESVIADOS, INCLUSIVE, PARA OS ESCÂNDALOS FINANCEIROS DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, ALAGOAS, A FORA O QUE O CORREU COM SURUAGY, VIVE, HOJE, SEU PIOR MOMENTO. É ZERO EM TUDO. NADA ESCAPA NESSE DESGOVERNO DO SINHô vilela.

    SÃO DESVIOS E DESPERDÍCIOS.

  8. jose antonio dos santos

    Pelo desmando e caminho que está sendo percorrido esta figura de nome Fernando Toledo – presidente da Assembleia Legislativa deve ser preso e algemado pela Policia Federal para lavar a alma da impunidade e da população que assim espera, de preferência com ordem de prisão do GECOC.

    O Ministério PÚBLICO Estadual já processou este senhor quando prefeito do Municipio de Cajueiro por envolvimento na compra de um automóvel do próprio filho numa licitação forjada denunciada pelo promotor de justiça na ocasião, e outras falcatruas, denuncias que foram publicadas nos meios de comunicação, agora metido nesta falcatrua vergonhosa e tem a cara de pau de afirmar que está tudo correto!.

    Deputado, agora também vai preso, o presidente da Assembléia Legislativa do Acre saiu algemado, preso direto para o presidio por roubo de dinheiro público e aqui em Alagoas porque não!.

    Segundo está sendo divulgado, pagamentos a parentes deste senhor, contador da Cooperativa dos Usineiros e tantos outros sem trabalhar é roubo!.

  9. RENATO SILVA

    JÁ DEVERIA SER FEITO PARA QUE SERVA SECRETARIA DA PAZ,DA MULHER E OUTRAS QUE SÓ SERVE DE CABIDE DE EMPREGO SE E PARA ECONOMIZAR COMECE PELOS CARROS LOCADOS E GASOLINA É UMA VERGONHA UM SERVIDOR COMUM VAI TRABALHAR COM SEU CARRO OU DE ÔNIBUS ENQUANTO MUITOS ESTÃO COM CARROS LOCADOS EM CASA SÓ CURTINDO E SÓ VER NA PM E CBM E TEM MUITOS QUE NÃO SÃO NEM PLOTADOS VAMOS VERIFICAR,MAS UM GOVERNO FEITO DE MENTIRAS SÓ DAR NISTO

  10. jonas antonio de freitas

    Concordo plenamente com o A.S.MARQUES…O primeiro cortes de gastos,seria com Assembleia…A segunda,seria com a redução das secretarias…Cargos comissionados e, etc…

  11. S.F.ALMEIDA.

    POR FAVOR SR GOVERNADOR;SÓ NÃO CORTE AS RECEITAS DA ASSEMBLÉIA DOS TATURANAS E TRIBUNAL DE CONTAS.ISSO É INJUSTO.

  12. A.S.marques

    Que crise que nada,o governo MANDA 42 MILHÕES A MAIS PARA OS “GOELAS” DA ALE,ENTÃO,NÃO SE PODE FALAR EM CRISE,CONCORDA COMIGO? SIM MEU CARO EDIVALDO ,DESCOBRI O QUE A ALE FAZ NESTES ANOS TODOS,ELA “ADUBA”MENSALMENTE O SEU “LARANJAL”……….MAS QUE BELO LARANJAL ,HEIM?

Comments are closed.