Com R$ 202 milhões em julho, ICMS desacelera e agrava crise em AL
   6 de agosto de 2013   │     23:38  │  0

Num claro sinal de desaceleração, a receita de ICMS do Estado registrou, pelo segundo mês consecutivo, desempenho abaixo da inflação.

No mês passado, o volume arrecadado foi de R$ 202,6 milhões, uma variação  de apenas 3,88% na comparação com os R$ 195,03 arrecadados em julho de 2012. Em Em junho deste ano, o crescimento da receita foi de 4,33.

No acumulado do ano o volume arrecadado de ICMS pela Sefaz soma R$ 1,524 bilhão. O crescimento em relação aos primeiros sete meses de 2012, quando foram arrecadados R$ 1,411 bilhão, o crescimento é 8%.

A situação do estado seria melhor não fosse a queda das transferências federais. Os números (não a edição de amanhã dou mais detalhes) apontam para um crescimento nominal abaixo de 3%. O crescimento real (descontada inflação) fica negativo em cerca de 3%. Nesse cenário, vai faltar dinheiro ao estado para cumprir o Orçamento de 2013.

Se a receita não crescer, não vai adiantar apenas “apertar” o cinto. O estado precisará fazer cortes mais drásticos. Anote: é possível e provável a redução de órgãos e de cargos comissionados.

icms julho