Carimbão desabafa: “não posso ser desmoralizado”
   17 de setembro de 2013   │     19:07  │  5

Nas últimas semanas os desencontros entre o deputado federal Givaldo Carimbão e a direção estadual do PSB se tornaram públicas, pareciam caminhar para o enfrentamento e em alguns momentos se descambaram em acusações.

Mas ao que parece agora tudo caminha para terminar em paz, independente da permanência de Carimbão no partido.

Isso porque o próprio deputado, após duas conversas com Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, passou a adotar um discurso mais conciliador.

Com 20 anos de PSB, o deputado está no sétimo mandado parlamentar – sendo três de vereador. Ele dá a sua versão sobre o desentendimento com a estadual do PSB.

“Primeiro me reuni com Kátia (Born), Sexta (Alberto Sextafeira) e Álvaro (Guimarães). Nós montamos a estratégia eleitoral para 2014. Ficou acertado que iríamos trabalhar para eleger dois federais e que eu coordenaria a chapa de federal e o Sexta a de estadual”, explica.

A partir daí Carimbão relata que teve, junto Kátia várias reuniões com Silvano Barbosa que iria disputar uma vaga numa chapa que seria montada com 18 nomes, todos com potencial de ter até 30 mil votos.

“Com cada candidato que conversei dei minha palavra de que a chapa que estávamos montado não teria outros nomes com potencial acima do Silvano. Eu rodei mais de dez mil km dentro de Alagoas montando essa chapa e fui surpreendido no convite ao Alexandre Toledo, que federal e não está dentro deste conceito. Eu gosto do Alexandre,  acho ele um home de bem. Mas o que está em jogo é minha palavra, é meu nome. Não aceito ser  desmoralizado”, aponta.

Toda essa história, segundo Carimbão, foi avaliada com Eduardo Campos, numa primeira reunião e depois, na semana passada, em reunião que contou com a participação de Kátia, Álvaro e Sextafeira.

“Todos confirmaram o que eu disse e o Eduardo me deu razão. Por outro lado também compreendo que o convite feito ao Alexandre Toledo que já foi feito não pode ser desfeito”, aponta Carimbão.

O deputado diz ainda que vai avaliar todos os cenários: “Tive vários apelos do Eduardo, com quem estou junto, com ele mesmo disse, desde os tempos das vacas magras, fiz algumas ponderações. Teremos uma nova reunião ainda esta semana e dependendo de como essa questão da chapa seja resolvida eu permanecer no partido ou não. Mas tudo será feito com transparência e se tiver que sair será pela porta da frente”.

COMENTÁRIOS
5

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Gilvan Silva

    Sempre vi o deputado Carimbão trazendo benefícios para Alagoas, mais vocês (comentaristas) tratam todos os deputados iguais. Carimbão tem nada mais nada menos que 20 anos de PSB e agora ira tomar a frente do PROS. Deus sabe que ele ira fazer um trabalho melhor do que ele fez no PSB.

  2. Lígia Reis

    O Edivaldo é um ótimo jornalista e não é porta-voz de ninguém, mas sim, porta-voz da verdade! A sinceridade das pessoas afetam seus adversários, deve ser por isso esses comentários. Sucesso para o Carimbão independente da escolha do seu partido!

  3. Judas

    Carimbão pensa que ninguém é trouxa de acreditar nesse papo… 10 mil KM? Rsrsrs Esse cara não perde a oportunidade de demonstrar a sua megalomania.
    Carimbão, a sua batata está assando! Vai p PP disputar com o Arthur…

  4. Jairinho

    O jornalista blogueiro que antes era só critica as peripécias do Deputado, agora é o seu porta-voz.

    O que será que aconteceu?!

    Existem Jornalistas e Jornalistas…

Comments are closed.