Partidos intensificam formação de chapa para federal
   18 de setembro de 2013   │     18:02  │  0

A movimentação para reforçar os quadros partidários será intensificada até o final deste mês. Marcos Toledo, por exemplo, está numa espécie de ponte área entre Maceió e Brasília. Sua missão: reunir um grupo capaz de eleger dois ou três deputados federais.

O que o presidente do PTdoB quer, além de manter Rosinha da Adefal no partido, é reunir um grupo de candidatos com potencial de até 70 mil votos.

Para isso Toledo tem conversado com João Caldas, Marcelino Alexandre e conta ainda com a possibilidade de Antônio Albuquerque, que já é do partido, manter o projeto de disputar uma vaga de federal.

Ele não descarta nomes como de Omar Coelho, que pode ir para o DEM ou de Ricardo Barreto, que deve ir para o PSB.

O que Marcos Toledo quer é montar uma chapa com candidatos com potencial eleitoral aproximado, todos na mesma legenda. A tarefa não será fácil, como ele reconhece.

Se não conseguir, a missão continua depois de 5 de outubro, na desta vez formar o bloco em coligação com outras legendas.