Paulão quer PT com candidato único para federal em 2014
   11 de outubro de 2013   │     17:55  │  2

Em 2010 Paulo dos Santos, o Paulão, foi candidato a deputado federal pelo PT, numa campanha em que a estratégia do partido mostrou-se claramente equivocada. Ao menos para o quadro eleitoral de Alagoas.

O PT lançou quatro candidatos a deputado federal. Paulão foi  o mais votado, com 38 mil votos. Juntos os outros três candidatos tiveram 36 mil votos: “com mais 18 mil votos eu teria sido eleito, terminei ficando na primeira suplência e assumi depois com a saída de Joaquim Beltrão”.

Repetir a estratégia, avalia Paulão, seria um erro: “vou trabalhar para  que o PT tenha apenas um candidato a deputado federal”.

O único obstáculo ao seu plano no momento é o deputado estadual Judson Cabral, que também quer ser candidato a federal.

Os dois se enfrentam nas urnas no próximo dia 10 de novembro, nas eleições para presidente do diretório estadual do PT em Alagoas, numa disputa em que Paulão é favorito.

A partir do resultado desta eleição, o diretório do PT começa a definir as alianças para 2014, num processo que só termina em maio do ano que vem e será decidido pelo congresso estadual do partido.

Quem for eleito presidente – Judson ou Paulão – terá mais chances de emplacar sua estratégia.

“Acredito que o melhor para o partido será um candidato a federal numa chapa viável. Não vamos ser loucos de entrar num chapão em que nosso candidato não tenha chances de vitória”, avalia.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Williams Roger-Filiado

    Caro Paulão, querer não é poder!

    O partido, agora, mais precisamente desde a última eleições está democrático
    Quem decide é um colegiado, ouvindo-se os filiados antes! Acabou aquele tempo NEFASTO que só quem decidia os rumos do partido só por 2 ou 3 “figuras”! O partido é democrático e tem espaço para todos! Que vença o melhor!
    Outra coisa, NÃO NECESSARIAMENTE, quem for eleito presidente estadual do partido terá “mais chance” de ser eleito deputado federal! Precisamos de bons e comprometidos políticos que, não só faça algo e tenha coragem de fazer por Alagoas, mas por todo o país!

Comments are closed.