Deputado do PT quer saber quem é ineficaz: o plano ou Dário César?
   16 de outubro de 2013   │     21:50  │  3

O plano é federal e nasceu sob as bênçãos do governo da presidente Dilma Rousseff. Mesmo assim o deputado estadual Ronaldo Medeiros considera o Brasil Mais Seguro completamente ineficiente.

Completamente, não! “Na verdade o plano tem o mérito, que é  fazer o mapeamento da violência no estado. Temos o diagnóstico. Sabemos onde se mata e onde se rouba. Mas na hora de aplicar o remédio, a ineficiência é total”, aponta.

De acordo com Medeiros, existe hoje uma insatisfação generalizada “na tropa (PM) e na polícia (civil) com a atuação do atual secretário de defesa social. O estado aumentou muito os gastos, mas infelizmente os policiais não tem sentido melhora nas condições de trabalho”.

Nesta terça, Medeiros criticou a postura do secretário de Defesa Social que saiu ao lado da secretária nacional de Segurança, Regina Miki, para participar de uma blitz. “Esse tipo de blitz midiática só serve para atrapalhar o trânsito. Infelizmente a polícia não tem condição de fazer blitz todo o dia, o que seria o ideal”.

Alguns parlamentares da bancada do governo também criticaram a postura do secretário: “ele se preocupa muito em aparecer, em se promover e esquece de mostrar os resultados”, aponta um deputado  do PSDB.

Crescimento

Os resultados do Brasil Mais Seguro, na avaliação de Medeiros, são pífios. “A redução é mínima para o tamanho do investimento”, aponta.

Ele citou os dados de setembro de 2013 que registrou o maior índice de mortes violentas dos últimos dois anos, com 177 homicídios, 15 a mais que o registrado em igual mês do ano passado e um a mais que o índice de setembro de 2011.

Ronaldo Medeiros faz parte da comissão que acompanha o programa do governo federal executado pelo governo estadual e diz que este mês o número de homicídios continua em alta. “É importante que o governo se pronuncie. Os números não mentem. Ou a gestão está ruim ou o plano é ineficaz. O governador sabe que a situação está fugindo ao controle e precisa se pronunciar” .

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Lurdes

    O governador Teotônio Vilela Filho perdeu o controle e somente uma intervenção federal na Segurança Pública conseguirá restabelecer o minimo de segurança a população alagoana. A postura propagandista exercida pelo secretário Dário César e seus auxiliares diretos na Polícia Civil e Polícia Militar contribui em muito com o crescente índice de criminalidade em todo o Estado de Alagoas. O povo cansou de tanto blá blá blá e exige ação por parte das nossas policias.

  2. Ricardo

    Gente o Governador está refém de Dário César, ele tem um Trunfo nas mãos que deixa Teo Vilela de mãos atadas. Infelismente é o jogo, enquanto isso a população amarga o descontrole total da segurança pública no Estado, com pessoas incompetentes no comando. Lamentável.

Comments are closed.